Lula inocente

A condenação de Lula como parte do Golpe contra nossos direitos

Conclamamos toda a militância a participar das manifestações contra a perseguição do Poder Judiciário e o avanço do Estado de Exceção
:: MST13 de julho de 2017 11:20

A condenação de Lula como parte do Golpe contra nossos direitos

:: MST13 de julho de 2017

Com a condenação política do ex-presidente Lula pelo juiz de primeira instância da Justiça Federal em Curitiba por crimes forjados em delações vazias, o MST se solidariza com o companheiro que faz parte da história das conquistas da classe trabalhadora no Brasil.

O juiz conhecidamente formado pelo Departamento de Estado Norte-Americano, Sérgio Moro, demonstrou total parcialidade e comportamento de classe da justiça em sua sentença.

Para o MST, a condenação de Lula faz parte de um contexto político de aprofundamento do golpe. O MST conclama sua militância a participar massivamente “das manifestações organizadas pela Frente Brasil Popular contra a perseguição do Poder Judiciário e o avanço do Estado de Exceção.”

Leia a nota.

NOTA: A CONDENAÇÃO DE LULA COMO PARTE DO GOLPE CONTRA NOSSOS DIREITOS

O MST vem a público manifestar sua total indignação com a condenação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, num processo iminentemente político baseado somente em delações premiadas, nesta quarta-feira (12/7), por determinação do juiz Sérgio Moro de Curitiba, estado do Paraná.

Nos solidarizamos com o companheiro Lula e conclamamos toda a militância do Movimento a participar das manifestações organizadas pela Frente Brasil Popular contra a perseguição do Poder Judiciário classista e o avanço do Estado de Exceção.

A condenação de Lula é parte integrante e indissociável do Golpe em curso no Brasil, que no dia de ontem (11/07) teve mais um capítulo deplorável: a aprovação da Reforma Trabalhista pelo Senado que rebaixa a condição dos trabalhadores e trabalhadoras à praticas que nos remetem ao século XIX, e em alguns casos, remontam regras do período da escravidão. Além disso, foi sancionada ontem (11/07) a lei da grilagem e da desregulação fundiária, entregando nosso território ao capital.

Devemos denunciar: condenar Lula é golpe!

Seguimos na luta! Fora Temer! Fora Maia! Nenhum direito a menos! Diretas Já! Condenar Lula é Golpe!!

DIREÇÃO NACIONAL DO MST

Leia também