Guerra por petróleo

A eleição na Venezuela é legítima, diz jurista Luiz Moreira

“A imagem do que ocorre na Venezuela é distorcida pela mídia internacional”
:: Sul 217 de agosto de 2017 14:21

A eleição na Venezuela é legítima, diz jurista Luiz Moreira

:: Sul 217 de agosto de 2017

Em entrevista ao jornal Sul21, o jurista Luiz Moreira fala sobre o que viu na Venezuela na condição de observador das recentes eleições para a Assembléia Nacional Constituinte. Na entrevista, ele aponta a profunda divisão política no país e defende que a Constituinte pode ser uma oportunidade para firmar um novo pacto político no país. O jurista também destaca o papel da mídia na divulgação do que acontece no país. “A imagem do que ocorre na Venezuela é profundamente distorcida pela mídia internacional”, diz ele.

“O capital não se sujeita à democracia. É improvável que os interesses do capital, dos quais a oposição venezuelana é portadora, se submetam a algum tipo de Estado de bem estar social”, diz Moreira. “A tática utilizada caminha para o confronto entre perspectiva inconciliáveis: um tipo de constitucionalismo popular, cujo projeto político dialoga permanentemente, através de eleições, etc., com a soberania popular, e um outro, cujo submissão aos interesses das empresas petrolíferas é evidente”.

LEIA A ÍNTEGRA DA ENTREVISTA.

Leia também