Nota do PT

Ação no Piauí é mais um abuso da Polícia Federal de Moro

A intolerável utilização de agentes e poderes de Estado com objetivos políticos tornou-se marca do governo Bolsonaro
:: Da redação26 de setembro de 2019 14:57

Ação no Piauí é mais um abuso da Polícia Federal de Moro

:: Da redação26 de setembro de 2019

O Partido dos Trabalhadores denuncia ao país os abusos e arbitrariedades cometidos pela Polícia Federal de Sérgio Moro contra a sede do governo do Estado do Piauí desde a manhã de quarta-feira (25/09), em Teresina, e em repartições estaduais no município de Luís Correia.

Uma investigação sobre servidores e fornecedores, para a qual o governo do Estado vem contribuindo com todas as informações solicitadas, serviu de pretexto para mais uma operação espetacularizada e sem serventia para as apurações, com o claro objetivo de mobilizar a mídia e os setores de oposição ao governo estadual.

A intolerável utilização de agentes e poderes de Estado com objetivos políticos tornou-se marca do governo Bolsonaro, especialmente do Ministério da Justiça sob comando de Sergio Moro, inimigo declarado do PT e de suas lideranças.

Os abusos que muitas vezes contam com a conivência de setores do Judiciário já se fizeram sentir sobre os movimentos sociais, as universidades federais, o Congresso Nacional e atingem agora um governo estadual eleito e reeleito pela população.

Os avanços alcançados na área de Educação colocaram o governo do Piauí em posição de referência nacional e internacional. Por isso mesmo o governador Wellington Dias tem empenhado todos os esforços no bom funcionamento e no combate a desvios neste setor, escolhido como alvo das ações arbitrárias e midiáticas da polícia de Moro.

O PT está solidário com o companheiro Wellington Dias e com o povo do Piauí diante desta perseguição e dos abusos cometidos contra o governo estadual.

Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT
Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara dos Deputados
Humberto Costa, líder do PT no Senado Federal

Leia também