Acordos serão cumpridos na votação da Lei Geral da Copa

:: Da redação19 de março de 2012 16:32

Acordos serão cumpridos na votação da Lei Geral da Copa

:: Da redação19 de março de 2012

Na última sexta-feira (16/03), o presidente da Fifa, Joseph Blatter esteve no Brasil para se reunir com a presidenta Dilma Rousseff, o ministro dos esportes, Aldo Rebelo, com o embaixador da Copa, Pelé, entre outros, para discutir os avanços das obras relacionadas a Copa do Mundo de 2014 e a votação da Lei Geral da Copa.

Após a reunião com Blatter e Dilma Rousseff, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou que o Brasil vai cumprir os compromissos assumidos com a entidade máxima do futebol para a realização da Copa do Mundo de 2014.

“A reunião foi construtiva, de trabalho, de reafirmação do objetivo comum com a Fifa de realizarmos uma grande Copa. O governo pretende trabalhar em harmonia e cooperação. O governo brasileiro está empenhado em cumprir suas responsabilidades e compromissos para que a Copa seja um êxito para o mundo e para o Brasil”, afirmou o ministro.

Sobre a reunião, Joseph Blatter disse que foi uma “ótima oportunidade” para tratar dos assuntos relacionados à organização do Mundial. “O que nós conversamos é que o governo federal vai assumir seus compromissos e nós temos confiança que isso vai ocorrer”, afirmou Blatter.

Pelé disse que pediu à presidenta Dilma que o chame de “bombeiro”, pois pretende atuar para evitar eventuais atritos na organização do Mundial. “Eu acho que daqui para frente nós vamos caminhar em harmonia, sem nenhuma confusão e tenho certeza que vamos ter a melhor Copa de todos os tempos”, disse.

Votação
O plenário da Câmara deve apreciar nessa semana o projeto que trata da Lei Geral da Copa (PL 2330/11) que prevê regras para a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil. A liberação de bebidas alcoólicas nos estádios deverá ser objeto de votação em separado, pois o relator, deputado Vicente Candido (PT-SP), manteve a regra no texto depois de uma breve confusão sobre o compromisso do Brasil com a Fifa acerca do tema.

O relator do texto reiterou, em entrevista, que no texto que será discutido e votado pelos deputados constará a permissão para a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014, assim como previa o texto aprovado pela Comissão Especial que analisou o tema. “Esse item faz parte do compromisso assumido pelo governo brasileiro com a Fifa para a realização do evento”, disse o relator.

De acordo com Vicente Cândido, os deputados terão responsabilidade em aprovar uma Lei que representa um compromisso internacional assumido pelo País. “Não conheço aqui na Câmara nenhuma derrota de acordo ou tratado internacional assumido por um presidente da República, em nome do país. O acordo com a Fifa, em que pese tratar-se de uma entidade privada, também equivale a um acordo internacional com tanto ou mais repercussão que muito outros votados aqui na Casa”, defendeu.

O presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), completou que a votação da Lei Geral da Copa “vai acontecer em ambiente de cumprimento dos acordos”. O líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), disse que vai defender o que o Brasil assumiu como compromisso, já que isso afeta a imagem do país no exterior.

Audiência
Ainda nesta semana, a Comissão de Turismo e Desporto da Câmara, o novo presidente da CBF e do Comitê Organizador Local da Copa 2014, José Maria Marin. A reunião (informal) será realizada na quarta-feira (21/03) às 10 horas, na presidência da comissão.

Além de discutir a votação da Lei Geral da Copa (PL 2330/11) e a organização do Mundial, os integrantes da comissão querem ouvir Marin sobre propostas de mudança para a Timemania (loteria criada pelo governo para salvar clubes com dívidas sociais).

No mesmo dia, a partir das 14 horas, a comissão realizará audiência pública com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Valmir Campelo, que vai apresentar os resultados da fiscalização do tribunal nas obras de estádios da Copa do Mundo.

Com informações de agências online

Leia mais:

Entenda o que diz o texto-base da Lei Geral da Copa

Lei da Copa está com urgência no Plenário da Câmara

Saiba mais:

Acompanhe a tramitação da Lei Geral da Copa (PL 2330/11)

Conheça o texto que regulamenta a Timemania (Decreto 6.187/07)

Leia também