Agricultura Familiar de Roraima terá R$ 81,5 mil para produção, diz Ângela

:: Assessoria da senadora Ângela Portela29 de junho de 2015 14:30

Agricultura Familiar de Roraima terá R$ 81,5 mil para produção, diz Ângela

:: Assessoria da senadora Ângela Portela29 de junho de 2015

Os agricultores familiares do Estado de Roraima poderão ter a sua disposição, R$ 81,5 mil, para a safra 2015/2016, conforme estimativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), dentro do Plano Safra da Agricultura Familiar 2015-2016, anunciado na semana passada, pelo governo federal.

A informação é da senadora Ângela Portela (PT) ao destacar a determinação da presidenta Dilma Rousseff de destinar R$ 28,9 bilhões para o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015-2016. Este valor é 20% maior que o do ano passado, que foi de R$ 24 bilhões, e o de 2013, que chegou a R$ 21 bilhões.

O volume de recursos da safra atual é o maior na história do programa da agricultura familiar no país, e demonstra o empenho do governo da presidente Dilma Rousseff, de apostar na valorização da classe média rural, por meio de um plano, que, de forma estratégica, beneficia os pequenos e médios agricultores brasileiros, destacou a senadora.

Ângela Portela, elogiou, também, os juros oferecidos no novo Plano Safra, que para agricultores familiares de baixa renda, variam de 0,5% a 5,5%, com variações, também, para regiões como o Semiárido brasileiro, que enfrenta dificuldades com a seca.

Resumidamente, o Plano Safra da Agricultura Familiar 2015-2016 oferece, ao mesmo tempo, elevação de recursos e redução de juros, apesar de o governo estar a fazer um sério ajuste fiscal. Isso fortalece, meu entendimento de que temos hoje, um Plano Safra da Agricultura Familiar que se volta, verdadeiramente, para incrementar a produção do campo, ressaltou.

Organização e planos
Roraima tem hoje, 4.150 famílias beneficiadas com assistência técnica e extensão rural, sendo que 1.800 delas são constituídas de povos indígenas e 2.350 formadas por famílias ligadas à agricultura familiar. Reunidos em um evento, debateram estratégias e planos, a partir dos valores estimados e do Plano Nacional de Inovação e Sustentabilidade na Agricultura Familiar, com o objetivo de elevar a produção da pecuária leiteira de raças de bovinos de leites e contribuir com a integração dessa atividade à agricultura sustentável.

Assessoria da senadora Ângela Portela 

Leia também