Anatel assina autorizações do 4G nesta terça-feira

:: Da redação15 de outubro de 2012 15:41

Anatel assina autorizações do 4G nesta terça-feira

:: Da redação15 de outubro de 2012

Mais uma etapa do processo de instalação da internet 4G no Brasil será superada nesta terça-feira (16/10), com a assinatura dos atos e termos de uso pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Serão regulamentadas as autorizações das radiofrequências nas subfaixas de 2.500 MHz a 2.690 MHz e na subfaixa de radiofrequência de 451 MHz a 458 MHz e de 461 MHz a 468 MHz em evento, na sede da Anatel, que contará com a presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo; e do presidente da Agência, João Rezende. “As empresas estão se preparando, vão iniciar a compra de equipamentos, então é só a assinatura do termo”, afirmou Rezende. 

A faixa de 2,5 GHz introduzirá no País o 4G, que permitirá a elevação da qualidade e da velocidade na transmissão de dados. E a faixa de 450 MHz, tem por finalidade levar às áreas rurais a internet banda larga (ou seja, serviços de voz e dados). Todo este processo visa atender a crescente demanda por serviços de telecomunicações e propiciar a infraestrutura adequada à realização dos eventos internacionais a serem sediados no Brasil nos próximos anos.

Segundo cronograma do edital, todos os municípios com mais de 100 mil habitantes terão cobertura 4G até 31 de dezembro de 2016. As cidades sedes da Copa das Confederações estarão cobertas por 4G até 30 de abril de 2013, enquanto as sedes e subsedes da Copa do Mundo terão o serviço até 31 de dezembro de 2013.

Até 31 de dezembro de 2015, as áreas rurais até 30 km da sede de todos os municípios brasileiros terão cobertura na faixa de 450 MHz, com serviços de voz e dados. A licitação prevê o preço de R$ 0,31 para minuto pré-pago e de R$ 30,60 para franquia mensal de 100 minutos no pós-pago. A franquia mensal de dados será de R$ 32,59 por velocidade de 256 kbps.

Com informações da Anatel

Leia mais:
Desoneração de smartphones sai em outubro; preço pode cair 9,5%

Acessos em banda larga passam de 81 milhões

Leia também