Aníbal destaca incentivo à piscicultura no Acre

Segundo o senador, a indústria processará 13 toneladas de peixe por mês, envolvendo 150 produtores.

:: Da redação24 de abril de 2012 19:01

Aníbal destaca incentivo à piscicultura no Acre

:: Da redação24 de abril de 2012

O senador Aníbal Diniz (PT-AC) elogiou, no plenário do Senado, uma parceria entre os governos federal, estadual e do município de Bujari (AC) para permitir o incremento do processo de industrialização de pescado no Acre. Nessa segunda-feira (23/04), o governador Tião Viana participou da inauguração da Indústria de Embutidos de Peixe no município, localizado a aproximadamente 15 km de Rio Branco

Aníbal agradeceu à ex-ministra da Pesca e atual ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, “que se sensibilizou sobre essa questão e foi de grande ajuda para a efetivação do projeto”. Ele também lembrou o atual ministro da Pesca, Marcello Crivela, “que tem sido um parceiro na costura dessa parceria entre os três governos”, disse.

“O início dos trabalhos dessa indústria marca um momento sólido da industrialização do peixe no Acre e reafirma a disposição do governo acreano de colocar a piscicultura como um dos grandes vetores de desenvolvimento do Estado”, disse o senador.

Ele explicou que, nesta fase inicial, a indústria processará, em média, 13 toneladas de peixe por mês, gerando empregos diretos e indiretos no município.  Atualmente, 150 produtores estão envolvidos no fornecimento da matéria-prima, mas a estimativa é expandir essa produção para até 30 toneladas mensais.

“Sem o empreendimento, os piscicultores levariam pelo menos 12 meses para começar a ter lucros com a piscicultura. Agora, será possível ampliar largamente a produção e realizar três safras em um ano. O produtor pode começar a ganhar dinheiro até cinco meses depois de iniciar sua criação”, comemorou o parlamentar acreano.

Processamento
Segundo Aníbal, a matéria-prima que será utilizada para vários pratos da culinária e, o que é muito importante, para o incremento do cardápio da merenda escolar.

A secretaria de Educação do Estado já anunciou que comprará parte da produção de peixes embutidos que será feita na indústria, elevando o valor nutricional da merenda escolar e com a segurança que o produto já será oferecido sem espinha, sem riscos para as crianças.

“O secretário de Indústria, Comércio e Serviços Sustentáveis, Edvaldo Magalhães, já afirmou que esse novo empreendimento é uma demonstração de que o Acre está trabalhando para agregar valor à produção de peixe, e que, em breve, será inaugurado um complexo industrial completo, que permitirá um grande salto para essa cadeia produtiva”, comentou Aníbal.

Ele comentou que, no ano passado, o governo estadual lançou um programa ambicioso de incentivo à atividade pesqueira que vai permitir ao Acre deixar de ser importador para ser exportador de pescado, notadamente para os países andinos.

“Mais de mil famílias em 17 municípios acreanos já foram beneficiadas pelo programa só em 2011, em um total de 500 hectares de lâmina d’água destinados a essa atividade”, disse.

Veja a íntegra do pronunciamento do senador Aníbal Diniz

Leia também