Bahia deverá contar com crédito de US$ 600 milhões do BID

A operação deverá ser autorizada em votação na Comissão de Assuntos Econômicos.

:: Da redação21 de novembro de 2012 13:50

Bahia deverá contar com crédito de US$ 600 milhões do BID

:: Da redação21 de novembro de 2012

O Senado deve colocar na pauta da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) mais uma etapa do empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) ao estado da Bahia. São mais US$600 milhões do Programa de Consolidação do Equilíbrio Fiscal para o Desenvolvimento – Proconfins II, que visa ao ajuste estrutural das contas do estado.

O senador Walter Pinheiro (PT/BA), que já ocupou a pasta do Planejamento no estado, avalia que a assistência técnica do BID ao Governo da Bahia tem tido um papel importante na consolidação do processo de ajuste fiscal e de recuperação da capacidade de investimento do estado, conforme  programas desenvolvidos pelo BID na modalidade de financiamento do tipo Empréstimo Baseado em Política (PBL). “O apoio do BID está em sintonia com a estratégia da reforma, iniciada pelo Governo Federal, de alocação de recursos financeiros para a viabilização de investimentos essenciais ao desenvolvimento sócio-econômico do estado”, explicou.

O governo baiano defendeu, por meio de ofício encaminhado ao presidente do BID, Luis Alberto Moreno, que os recursos do programa sejam utilizados também com o objetivo de realizar os investimentos necessários para a infra-estrutura adequada para grandes eventos de natureza nacional e internacional, a exemplo da Copa do Mundo Fifa 2014, com efeito importante sobre o desenvolvimento econômico do Estado, considerada a sua vocação turística.

Com informações da Assessoria de Imprensa do senador Walter Pinheiro

Leia também