Bancada do PT prestigia expansão de universidades federais

:: Assessoria do senador José Pimentel16 de agosto de 2011 18:26

Bancada do PT prestigia expansão de universidades federais

:: Assessoria do senador José Pimentel16 de agosto de 2011

Pres. Dilma anuncia criação de quatro novas universidades federais, a abertura de 47 novos campi universitários e 208 Institutos Federais 

A presidente Dilma Rousseff anuncia, nesta terça-feira (16/08), a criação de mais quatro universidades federais em Estados do Norte e Nordeste. Três delas são campus já em funcionamento de instituições federais que vão se transformar em universidades.

Com a expansão, a rede federal passará a contar com 63 unidades. A nova fase de expansão das federais totalizará 47 novos câmpus.

A Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica cobre todos os estados brasileiros, oferecendo cursos técnicos, superiores de tecnologia, licenciaturas, mestrado e doutorado. As escolas que compõem a rede federal são referência nesta modalidade de ensino, prova que seus alunos sempre estão entre as primeiras colocações em avaliações nacionais.

Em seu discurso, a presidenta ressaltou que as novas universidades representam um grande de instrumento de redução das desigualdades. “Hoje temos mais de 912 mil jovens brasileiros de baixa renda nessas universidades”, destacou.

“Os números falam por si, nos próximos 4 anos teremos 208 novos institutos de educação federal tecnológica”, disse Dilma.

“Hoje demos início a uma nova etapa de Expansão Rede Federal na educação tecnológica”, completou. “O gasto na área da educação é um grande investimento para o País”, ressaltou presidenta Dilma.

A presidenta Dilma pediu ao Congresso Nacional que aprovem o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para garantir que ensino médio não seja desfocado da realidade e permita mais acesso oportunidades.

A senadora Ana Rita Esgário (PT-ES) também elogiou a terceira fase do programa. Para ela, a medida vai contribuir para reduzir a carência de vagas no ensino profissionalizante e melhorar a inserção dos jovens no mercado de trabalho.

“Este é um momento grandioso para os jovens brasileiros, porque nunca se construiu tantas escolas profissionalizantes. É uma oportunidade muito grande que nossa juventude está tendo de poder se profissionalizar e de entrar no mercado de trabalho”, assinalou.

Conheça o Pronatec

Conheça a Rede Federal

Novas universidades

As novas universidades federais serão instaladas no Pará, na Bahia e no Ceará. A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) terá sede na cidade de Marabá, onde hoje funciona o campus Marabá, da Universidade Federal do Pará (UFPA). A Universidade Federal da Região do Cariri (UFRC), no Ceará, terá sede em Juazeiro do Norte – ela será instalada na atual estrutura do campus Cariri, que pertence à Universidade Federal do Ceará (UFC).

A Bahia ganha duas instituições: a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufoba) com sede em Barreiras, onde atualmente funciona o campus Barreiras, da Universidade Federal da Bahia (UFBA); e a Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), que terá sede em Itabuna.

Transferências

A Universidade Federal do Ceará transfere três de seus campi para a Universidade Federal da Região do Cariri – campi Cariri, Barbalha e Crato; a Universidade Federal do Pará transfere para a Unifesspa o campus Marabá; e a Universidade Federal da Bahia transfere o campus Barreiras para a Ufoba. No conjunto, as quatro novas universidades federais terão 17 campi, dos quais 12 serão criados.

Novos campi

Outras 12 universidades federais, de 11 estados, ganharão 15 novos campi, completando 27 unidades: no Pará, a UFPA (1); na Bahia, a UFBA (1) e a UFRB (1); no Ceará, a UFC (2); em Pernambuco, a UFRPE (1); em Goiás, a UFG (2); no Maranhão, a UFMA (1); no Mato Grosso, a UFMT (1); em Minas Gerais, a UFVJM (2); em São Paulo, a Unifesp (1); em Santa Catarina, a UFSC (1); e no Rio Grande do Sul, a UFSM (1).

Até o final de 2012, segundo o Ministério da Educação (MEC), o governo federal deverá concluir a implantação de outras 20 unidades, distribuídas entre 12 universidades federais localizadas nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste, atendendo 20 municípios de oito estados.

Entre as instituições com maior número de unidades estão a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), que se expande para sete municípios, e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que amplia sua presença nas cidades de Mauá, Osasco, Buri e na Zona Leste da capital paulista.

Institutos Federais – Prefeitos de diversos municípios e o governador do Distrito Federal assinarão termos de compromisso para a construção de 120 unidades de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia em municípios dos 26 estados e no Distrito Federal. A previsão é de que todas as unidades estejam em funcionamento até 2014, de acordo com MEC.

A essas 120 unidades de educação profissional se somam 88 que estão em construção com término previsto para o final de 2012. Ao final de 2014, portanto, o país terá ganho 208 unidades de educação profissional.

Clique aqui para ver as tabelas com os estados e municípios que serão atendidos.

Pelo twitter os senadores do PT enalteceram a expansão da Rede Federal e divulgaram a cerimônia:

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
1.200 novas vagas no ensino superior, profissional e tecnológico representam uma grande contribuição para o desenvolvimento do nosso estado.

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
Me sinto extremamente feliz e gratificada por participar desse trabalho do IFRR. Hoje é um dia de vitória para Roraima.

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
Aqui, as informações sobre a nossa nova escola técnica federal e a expansão da rede em todo o Brasil portal.mec.gov.br/index.php?opti…

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
O Campus da Zona Oeste vai atender 1.200 alunos em cursos de iniciação tecnológica, graduação, pós graduação até o doutorado.

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
Para nossa alegria, o trabalho que realizamos para a construção do Campus da Zona Oeste do IFRR foi compreendido pelo MEC.

@angelaportela_ Ângela Portela (PT-RR)
Olá amigos e amigas do Twitter. Participo neste momento, no Palácio do Planalto, do anúncio da ampliação da rede federal de ensino superior.

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT –BA)
Ingressei na Escola Técnica Federal em 76, quando só existia uma em toda Bahia. Hoje ganhamos 9 novas. A Bahia alcançará 26 escolas.

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT-CE)
Em 1997 o gov FHC lançou o Decreto 2208 que ‘desmontava’ as Escolas Técnicas. 2011, Dilma assina ato autorizando 120 novas Escolas Técnicas.

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT-BA)
Pres. da UNE fala no ato de Expansão da Educação Superior e Tecnológica e Profissional.

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT-CE)
Dilma: ” levar educação para interior do Brasil e construir um caminho”

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT-BA)
Agora a Pres. Dilma se pronucia afirmando fará 214 novos Ifet e alcançaremos em 2014 mais de 300 campi das universidades em todo pais.

@pinheirosenador Walter Pinheiro (PT-BA)
Gov. Eduardo Campos representando os governadores falou do papel, no atual cenário, a formaçao ‘Local’ para geração de mão de obra.

@jose_pimentel José Pimentel (PT-CE)
A criação de mais 4 universidades, 47 novos campus e 208 novos IFETS é uma forma de diminuir as desigualdades.

@13Anibal Anibal Diniz (PT-AC)
Levar a educação a todas as regiões e construir um caminho para o desenvolvimento em todo o país!

@13Anibal Anibal Diniz (PT-AC)
Quis o destino que o primeiro presidente sem diploma de nível superior foi o que mais investiu no ensino técnico e superior no Brasil

@13Anibal Anibal Diniz (PT-AC)
Aí, deputado “@sibamachado13! Com tanta empolgação com Educação e tecnologia, acho vou dar entrada num doutorado.”//

@13Anibal Anibal Diniz (PT-AC)
Presidenta Dilma cumprimenta cada um dos presentes com especial deferência no ato qui no Palácio!

@anarita_pt Ana Rita (PT-ES)
Prefeita de Montanha-ES fala em nome de todos os prefeitos em agradecimento aos institutos tecnológicos.

@martasenadora Marta Suplicy (PT-SP)
Dilma relembra fala de Lula: “Estamos fazendo em poucos anos o que não foi feito nos últimos 100 anos”

@martasenadora Marta Suplicy (PT-SP)
“Quando chegar 2014 o Brasil terá 562 Institutos, quadruplicando a rede que ele tinha em 2002”, diz Dilma.

Com informações da Presidência da República e do Ministério da Educação

Fonte: Assessoria de Imprensa da Liderança do PT no Senado

Leia também