Defesa da soberania

Bancada pede informações sobre acordo da “Fundação Lava Jato”

O requerimento solicita todos os documentos, atas de reuniões e os pareceres técnicos e jurídicos referentes ao acordo, além das atas e a relação dos convidados e participantes
:: Da redação14 de março de 2019 18:59

Bancada pede informações sobre acordo da “Fundação Lava Jato”

:: Da redação14 de março de 2019

A Bancada do PT no Senado enviou hoje (13) à Mesa do Senado requerimento de informações ao Ministro da Controladoria Geral, Wagner de Campos Rosário, sobre o “Acordo de Assunção” firmado entre o Ministério Público Federal e a Petrobras.

O acordo foi celebrado pelas autoridades norte-americanas gerando a transferência de cerca de R$ 2,5 bilhões da Petrobras que serão administrados pelo Fundo Privado constituído pelo Ministério Público Federal.

O requerimento solicita todos os documentos, atas de reuniões e os pareceres técnicos e jurídicos referentes ao acordo, além das atas e a relação dos convidados e participantes.

De acordo com o líder da Bancada do PT no Senado, senador Humberto Costa (PT-PE), “essa fundação é algo feito à margem da lei, como já atestou a própria procuradora-geral da República, Raquel Dodge. É algo escandaloso, criado por autoridades que se acham acima do próprio Estado de direito. Isso tem de ser rigorosamente apurado.”

Para o senador Jaques Wagner (PT-BA), é preciso esclarecer se as reuniões foram realizadas de forma conjunta ou separadamente com a participação de dirigentes da Petrobrás e de autoridades da Controladoria-Geral da União, solicitando o nome de todos os participantes do acordo.

“Considero imprescindíveis as informações requeridas para esclarecer o Senado e a sociedade brasileira a respeito dos fatos e dos responsáveis por firmar tão polêmico acordo”, advertiu Jaques Wagner.

* Com Gabinetes dos Senadores Jaques Wagner e Humberto Costa.

Leia também