Banco do Brasil reduz tarifas e preços de pacotes em até 34%

A partir do próximo dia 15, o Banco do Brasil vai reduzir os preços de sete pacotes de serviços e de 24 tarifas prioritárias.

:: Da redação8 de outubro de 2012 17:07

Banco do Brasil reduz tarifas e preços de pacotes em até 34%

:: Da redação8 de outubro de 2012

A partir do próximo dia 15, o Banco do Brasil vai reduzir os preços de sete pacotes de serviços e de 24 tarifas prioritárias, com impacto principalmente sobre as utilizadas de forma massificada pela maioria dos cidadãos. Os percentuais de redução chegam a 34%. O BB também vai isentar os novos clientes da tarifa de confecção de cadastro para inicio de relacionamento, que hoje é de R$ 30,00.

Os 24 serviços (blocos) prioritários, cujas tarifas tiveram redução de até 34% são os seguintes: contas de depósito, cheque, saques, depósitos, consultas, transferências de recursos, transferências por TED/DOC e entre contas na própria instituição, ordens de crédito e cartões de crédito. Segundo o banco, o “impacto será principalmente sobre as [tarifas] utilizadas de forma massificada pela maioria dos cidadãos”. As novas tarifas serão válidas para atuais e novos clientes do banco.

O vice-presidente de Negócios de Varejo do BB, Alexandre Abreu, disse que, ao reduzir os preços das tarifas, o banco compensa as perdas com maior volume de movimentação e de clientes. De acordo com ele, desde abril deste ano, quando a instituição lançou estratégia de redução de taxas de juros, 3 milhões de novos clientes passaram a utilizar serviços do banco.  “Existe um clamor da sociedade por preços mais baratos e a gente, por ser banco público, resolveu ajustar”, destacou.

Segundo o vice-presidente, após o anúncio de redução de juros, ficou claro que os clientes comparam preços e não estão interessados somente em bom atendimento e conveniência. Abreu disse ainda que as “seis ou sete” tarifas que tiveram os preços aumentados no início do ano foram contempladas no anúncio de hoje de redução.

O portfólio dos 24 serviços mais utilizados passará a ter pacotes de serviços isentos, bem como pacotes com preços mínimos de R$ 3,80 e máximos de R$ 38 ao mês. O pacote de conta digital será isento de cobrança. O pacote universitário terá o preço mantido em R$ 3,80. O pacote padronizado terá redução de 26,6%, de R$ 13,50 para R$ 9,90. Esse pacote é definido por resolução do Banco Central e inclui confecção de cadastro para início de relacionamento, oito saques, quatro extratos do mês corrente, dois extratos do mês anterior e quatro transferências por mês entre contas do mesmo banco. Os pacotes atuais com preços entre R$ 40,60 e R$ 49,90, ao mês, terão redução de até 23,8%.

Com informações da Agência Brasil e do site do Banco do Brasil

Leia também