Crime de responsabilidade

Bolsonaro cometeu crime ao participar de manifestação de rua

Para o senador Humberto Costa, Bolsonaro cometeu crime ao desrespeitar recomendações sanitárias para participar dos atos de contra o Congresso e o STF
:: Assessoria do senador Humberto Costa17 de março de 2020 10:38

Bolsonaro cometeu crime ao participar de manifestação de rua

:: Assessoria do senador Humberto Costa17 de março de 2020

Após dar um péssimo exemplo para a população ao apoiar e participar de um ato com aglomeração de pessoas nas ruas pedindo o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, Bolsonaro cometeu diversos crimes e deveria ser punido por isso. Esta é a avaliação do senador Humberto Costa (PT-PE), médico e ex-ministro da Saúde do governo Lula. Segundo ele, o presidente da República desrespeitou todas as recomendações das autoridades sanitárias e deveria ser afastado do cargo por ter defendido ataques a outros Poderes.

“Enquanto líderes mundiais seguem adotando fortes medidas contra o coronavírus e seus efeitos perversos na economia e na área social, Bolsonaro segue com uma postura omissa, irresponsável e inadequada que deixa o Brasil extremamente vulnerável. O presidente do país dizer que a pandemia do coronavírus é só uma gripezinha é algo inadmissível”, afirmou.

Para Humberto, o Brasil deveria estar, neste momento, procurando capacitar os hospitais, ampliando o número de leitos, de equipamentos de prevenção de síndromes respiratórias e de equipes médicas. O senador entende que, ao contrário do que o presidente indica, o país tem de respeitar as rígidas regras de quarentena e isolamento para evitar a propagação da doença.

“O governo é omisso, inclusive, às implicações da doença na economia, que já vinha sendo administrada de forma equivocada e fazendo o povo sofrer. O que o governo propõe aos empreendedores? Aos pequenos empresários, que vivem por conta própria e vão perder clientela? E às companhias aéreas? Como o governo vai proteger a população? São muitas as dúvidas e nenhuma resposta por parte dessa gestão”, criticou.

O senador demonstrou preocupação especial com a população mais carente que, muitas vezes, não têm nem acesso à água nem dinheiro para comprar álcool em gel. “É muito bonito falar das maneiras de prevenir o coronavírus. Mas o que o governo vai oferecer aos mais pobres, que não têm condições nenhuma de tomar as medidas preventivas?”, questionou.

Humberto ressaltou que Bolsonaro cometeu vários crimes ao mesmo tempo com as manifestações desse domingo, desrespeitando as normas de saúde e apoiando o fechamento do Legislativo e da mais alta Corte do país. Por isso, deveria ser punido com afastamento.


Confira a íntegra da matéria

Leia também