Prejuízo aos mais pobres

Bolsonaro fará mais cortes no Minha Casa Minha Vida

De acordo com notícia publicada pela Folha de S. Paulo, programa terá orçamento reduzido de R$ 4,6 bilhões para R$ 2,7 bilhões de 2020
:: Agência PT de Notícias23 de setembro de 2019 10:39

Bolsonaro fará mais cortes no Minha Casa Minha Vida

:: Agência PT de Notícias23 de setembro de 2019

A escalada de retrocessos parece não ter fim desde o dia em que o descontrolado e impopular Jair Bolsonaro assumiu o país. A exemplo do que acontece em praticamente todos os setores, a área de habitação também tem sido alvo da agenda antipovo do atual presidente.

Neste sábado (21) veio a confirmação de que o governo não dá a mínima para os que mais precisam. De acordo com notícia publicada pela Folha de S. Paulo o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) terá orçamento reduzido de R$ 4,6 bilhões para R$ 2,7 bilhões de 2020.

Durante a semana, a própria cúpula bolsonarista já havia admitido que pretende diminuir o teto estabelecido para que as famílias tenham acesso à moradia . O projeto garantia subsídio de até 90% do valor total do imóvel para famílias com renda de R$ 1.800, mas o valor deve passar para R$ 1.200, de acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

Além disso, devem ser feitas mudanças nas regras do programa. Segundo a Folha, o governo estuda restringir o acesso à faixa 1 do programa, baixando o limite de renda que permite financiar a casa própria com subsídios e sem juros.

Com o PT sempre foi diferente
O programa Minha Casa Minha Vida chegou aos 10 anos em 2019 com imenso legado deixado ao povo brasileiro.  A iniciativa realizou o sonho da casa própria para o povo brasileiro e chegou a gerar 250 mil vagas de emprego por ano. Mas diante das constantes ameaças do atual governo, é ainda mais urgente defender a continuidade do programa e evitar tragédia social ainda maior.

Confira a íntegra da matéria

Leia também