Presidente piromaníaco

Bolsonaro tenta esconder incompetência com ataque às instituições

Em plenário, senadores criticam investida de Bolsonaro contra as instituições e a sociedade
:: Fernando Rosa22 de maio de 2019 11:18

Bolsonaro tenta esconder incompetência com ataque às instituições

:: Fernando Rosa22 de maio de 2019

O Presidente deve apontar “quem é que está chantageando, não o Presidente nominalmente, mas a Presidência da República, que é uma instituição”, cobrou em plenário o senador Rogério Carvalho (PT-SE), reafirmando pronunciamentos na mesma direção dos senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Jorge Kajuru (PSB-GO), entre outros.

Na terça-feira, a sessão plenária do Senado Federal foi marcada pela convergência crítica da maioria dos senadores às investidas do presidente Jair Bolsonaro contra as instituições e a sociedade. “Nós não podemos aceitar que o Governo coloque a população, quem quer que seja, contra o Poder Legislativo ou contra qualquer outra forma de Poder”, ressaltou o senador Rogério, vice-líder do PT no Senado.

Também o senador Renan Calheiros (MDB-AL) responsabilizou o governo e, em particular, o presidente Jair Bolsonaro pela tentativa de desestabilizar o país. “Os verdadeiros democratas não podem passivamente permitir que a centelha se transforme em um grande incêndio”. “Quem gosta de ver o circo pegar fogo é piromaníaco”, ressaltou o senador alagoano.

Para o líder da bancada do PT no Senado Federal, o senador Humberto Costa (PE), sem qualquer proposta o Governo tenta compensar sua incompetência acusando o Congresso Nacional, o Poder Judiciário e o Supremo Tribunal Federal, pela situação crítica que o Brasil vive.

“O Brasil está vivendo uma situação absolutamente crítica, como não vivia há muito tempo. A economia desmoronando rapidamente, o desemprego crescendo de forma abissal, a desproteção das pessoas e a desigualdade crescendo também na mesma proporção, e o Governo sem dar respostas a essas questões”, apontou o líder do PT no Senado.

Leia também