Brasil e União Europeia financiam projetos na área de ciência e tecnologia

:: Da redação7 de janeiro de 2013 12:39

Brasil e União Europeia financiam projetos na área de ciência e tecnologia

:: Da redação7 de janeiro de 2013

Pesquisadores brasileiros e europeus que têm projetos conjuntos destinados ao fortalecimento da capacidade científica e tecnológica e à qualificação de recursos humanos, poderão receber apoio financeiro de até R$ 3,2 milhões. As propostas deverão ser apresentadas ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), até o dia 7 de fevereiro. Será selecionada uma  para cada linha temática. Caso não haja proposta com mérito em uma ou mais dessas linhas, os recursos poderão ser alocados nas demais.

As bolsas concedidas do Ciência Sem Fronteiras para atuação internacional serão para as modalidades Pós-Doutorado no Exterior (PDE), Doutorado Sanduíche no Exterior (SWE) e Desenvolvimento Tecnológico e Inovação no Exterior (DTE). Há ainda a previsão de bolsas para atuação no país, nas modalidades Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI), Fixação e Capacitação de Recursos Humanos – Fundos Setoriais (SET), Especialista Visitante (EV) e Iniciação Tecnológica e Industrial (ITI).

O prazo inicial para a execução dos projetos é de 36 meses. Os pesquisadores deverão submeter o conteúdo de suas propostas à União Europeia (UE), em inglês, estabelecendo inclusive regras para o desenvolvimento das atividades de pesquisa, principalmente em relação à propriedade intelectual, quando for o caso, respeitando as normas vigentes no Brasil e na UE.

Em Questão

Leia também