Educação

“Brasil precisa incentivar a leitura e a escrita”, defende Jean Paul

Senador anuncia o relançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Livro e da Leitura no Congresso Nacional
:: Assessoria do senador Jean Paul Prates3 de setembro de 2019 12:47

“Brasil precisa incentivar a leitura e a escrita”, defende Jean Paul

:: Assessoria do senador Jean Paul Prates3 de setembro de 2019

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) anunciou nesta sexta-feira, 30, o relançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Livro, da Leitura e das Bibliotecas. Ele participou da abertura da 19ª Bienal do Livro do Rio, no Riocentro.

Jean Paul lembrou que um dos objetivos da frente será buscar novas formas de inclusão. “O país tem milhões de brasileiros com deficiências e que, infelizmente, encontram dificuldades no acesso ao livro e à leitura”, lamentou. “Vamos realizar debates, audiências e seminários com o objetivo de incluir esses leitores”, declarou. Ele será o presidente da frente.

Jean Paul destacou a iniciativa da Bienal do Livro de criar um pavilhão exclusivo para crianças. Alunos de escolas públicas indicadas por secretarias de Educação visitam gratuitamente o festival. O governo do Rio entregou um voucher de R$ 15 para cada cada estudante da rede estadual.

Segundo a organização do evento, mais de 50 mil alunos da rede pública estarão visitado o evento. “O amor pelos livros e o gosto pela leitura inicia exatamente nessa fase. Por isso, nós, parlamentares, e a sociedade em geral precisamos olhar com atenção para estes brasileirinhos”, disse.

Também pela primeira vez, autores que participam do festival estiveram com alunos em salas de aula. A iniciativa envolveu nomes como Ana Maria Machado, Miriam Leitão e Thalita Rebouças.

Confira a íntegra da matéria

 

Leia também