Brasil Sem Miséria distribuirá 100 Unidades Odontológicas

:: Da redação6 de dezembro de 2011 13:00

Brasil Sem Miséria distribuirá 100 Unidades Odontológicas

:: Da redação6 de dezembro de 2011

No total, 16 estados foram contemplados com vans que ofertarão gratuitamente os serviços 

Os municípios do Plano Brasil Sem Miséria  serão beneficiados com a doação de 100 Unidades Odontológicas Móveis (UOMs). Ao todo, 16 estados foram contemplados com as vans que ofertarão gratuitamente serviços de saúde bucal. O anúncio foi feito durante a 14ª Conferência Nacional de Saúde. A ação faz parte da rede Saúde Mais Perto de Você.

“Selecionamos 100 consultórios odontológicos móveis do programa Brasil Sorridente, que tem como objeto principal a área rural. Esses municípios que receberão as unidades foram selecionados pelos critérios de percentual de população de extrema pobreza e de população rural, menor densidade demográfica – são grandes e com a população rural distante – e que aderiram ao Programa de Qualidade da Atenção Básica.”, destaca o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. 

Investimento – O Ministério da Saúde investiu R$ 15,4 milhões na compra dos veículos e equipamentos. Além disso, o custeio anual desses serviços é de R$ 5,6 milhões. Os municípios também receberão incentivo de R$ 3,5 mil para aquisição de instrumentais odontológicos.

Funcionamento – Cada veículo tem capacidade de realizar até 350 atendimentos por mês. As equipes de Saúde bucal, compostas por cirurgião-dentista, auxiliar de saúde bucal e técnico de saúde bucal, atenderão nas unidades móveis. As unidades farão o encaminhamento dos casos que necessitarem de tratamento mais complexo para os Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs). 

Populações ribeirinhas terão mais unidades básicas fluviais

Com o objetivo de qualificar a Atenção Básica para as populações ribeirinhas, o Ministério da Saúde aumentou o número de novas Unidades Básicas Fluviais que serão construídas até 2014. Inicialmente, o ministério previa 32 unidades e agora serão 64. Os recursos das primeiras 13 embarcações serão liberados ainda neste ano. Os primeiros convênios foram assinados durante a 14ª Conferência Nacional de Saúde.

O ministério prevê investimento de R$ 64 milhões. As unidades possuem consultório médico, odontológico e de enfermagem, além de ambiente para armazenamento e oferta de medicamentos. 

Listas dos municípios na página do Ministério da Saúde na internet 

Leia também