Brasil sobe em classificação das maiores economias do mundo

Resultado é fruto de políticas de estímulos macroeconômicos que incentivavam expansão do setor não exportador.

:: Da redação24 de outubro de 2013 10:52

Brasil sobe em classificação das maiores economias do mundo

:: Da redação24 de outubro de 2013

O País tem investido fortemente no amplo acesso à educação o que tem permitido que um número maior de brasileiros tenha empregos mais bem remunerados.

O Brasil subiu na classificação das maiores economias mundiais e manteve crescimento inclusivo. A constatação está no último relatório da Organização pela Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) divulgado nesta semana. O documento afirma que o progresso foi alcançado graças às políticas de estímulos macroeconômicos que incentivavam expansão do setor não exportador.

De acordo com o relatório, a informalidade do mercado de trabalho recuou, bem como o desemprego que atingiu 5,6% em julho de 2013, percentagem historicamente baixa, segundo a OECD.

Outro dado favorável ao País foi os progressos consideráveis alcançados no uso sustentável dos recursos naturais. A organização afirmou que o principal fator desse avanço foi o uso do etanol como fonte renovável. Além disso, as emissões de carbono e o desmatamento têm diminuído de forma considerável.

Ainda segundo o relatório da OECD, políticas bem-sucedidas com vista a uma maior expansão dos benefícios do crescimento econômico têm reduzido consideravelmente a pobreza e a desigualdade de renda. O País tem investido fortemente no amplo acesso à educação o que tem permitido que um número maior de brasileiros tenha empregos mais bem remunerados.

Casa Civil

 

Leia mais:

 

Guido Mantega: Brasil tem comportamento fiscal inquestionável


Leia também