Via WhatsApp

Câmara pode ter CPI para investigar fraude eleitoral

Luizianne Lins (CE) propôs à bancada do PT que se apure o esquema que teria sido utilizado por Bolsonaro. Ideia foi defendida por Henrique Fontana (RS) na tribuna
:: PT na Câmara5 de dezembro de 2018 10:03

Câmara pode ter CPI para investigar fraude eleitoral

:: PT na Câmara5 de dezembro de 2018

A deputada Luizianne Lins (PT-CE) apresentou à bancada do PT na Câmara, nessa segunda-feira (3), um requerimento que propõe a criação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar o esquema fraudulento que teria sido utilizado por Jair Bolsonaro para vencer a eleição presidencial em outubro.

A proposta surgiu após um seminário interno que o PT realizou, na semana passada, para discutir a comunicação do partido e fazer um balanço da última campanha eleitoral.

Em sua conta no Twitter, Luizianne confirmou a intenção de investigar, através de uma CPI, “o esquema fraudulento” de disparos de mensagens em massa durante campanha “do presidente fake news” Jair Bolsonaro. “Ao fim dos trabalhos, a farsa dessas eleições será desmontada”, prevê a parlamentar.

Em discurso na tribuna da Câmara, ontem (4), o deputado Henrique Fontana (PT-RS) reforçou a iniciativa da colega de bancada. “O meu pedido desta tribuna — e eu vou me movimentar junto com outros Parlamentares que têm essa mesma vontade — é instalarmos uma CPI neste Parlamento, se possível uma CPI Mista da Câmara e do Senado, para investigar o uso das redes sociais de forma ilegal na parte das ilegalidades durante a última eleição no País”, anunciou o parlamentar, que mencionou reportagens da imprensa que têm revelado ilegalidades no uso de aplicativos digitais nas últimas eleições.

Confira a íntegra da matéria

 

Leia também