Cinco dos oito medalhistas brasileiros em Londres estão no Bolsa Atleta

:: Da redação6 de agosto de 2012 19:20

Cinco dos oito medalhistas brasileiros em Londres estão no Bolsa Atleta

:: Da redação6 de agosto de 2012

Pela primeira vez na história dos Jogos Olímpicos o Brasil conquista uma medalha de ouro na ginástica artística. Arthur Zanetti, 22 anos, beneficiário do programa Bolsa-Atleta, do Ministério do Esporte, venceu a disputa das finais nas argolas nesta segunda-feira (06/08), com 15.900 pontos. A vitória ocorreu na North Greenwich Arena, sede da ginástica nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Zanetti é o sexto beneficiado com o Bolsa Atleta a conquistar uma medalha nesta edição dos Jogos. Antes dele, já haviam subido ao pódio os judocas Sarah Menezes (ouro), Mayra Aguiar (bonze) e Felipe Kitaday (bronze) e os velejadores Robert Scheidt e Bruno Prada, dupla de velejadores que conquistou o bronze na Classe Star, num total de cinco premiações entre as oito alcançadas pelo Brasil até agora — além deles, os nadadores Thiago Pereira (prata nos 400 metros medley) e César Cielo (bronze nos 50 metros livres) e o judoca Rafael Silva conquistaram medalhas em Londres.

Bolsa Atleta

O programa Bolsa Atleta, do Ministério do esporte, assegura a esportistas de alto rendimento uma ajuda de custo para apoiar seu treinamento e participação em competições. Em 2012, 4.243 atletas de 53 modalidades que compõem os programas dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paralímpicos estão sendo contemplados. Os beneficiados são divididos em categorias como “atleta olímpico”, “atleta internacional” e “atleta de base”—esta destinada à formação de novos valores.

Até o ano passado, atletas de renome internacional, como o medalhista Robert Scheidt, não podiam contar com o apoio do programa, pois a lei não permitia o benefício a esportistas que já contassem com patrocínio individual e que recebessem salário. Esse dispositivo foi eliminado pela Lei 12.395, de março de 2011, que também fez outras mudanças no programa, como a correção anual do valor da bolsa. Os recursos destinados ao programa receberam um acréscimo de 36% em relação ao ano passo. Este ano, o orçamento é de R$ 60 milhões.

Com informações do Ministério do Esporte

Leia também