Cisternas beneficiam 111 mil famílias no Semiárido nordestino

:: Da redação5 de junho de 2012 13:35

Cisternas beneficiam 111 mil famílias no Semiárido nordestino

:: Da redação5 de junho de 2012

Meta até o final de 2012 é chegar a 290 mil cisternas 

As ações integram o programa Água para Todos, uma parceria entre os ministérios da Integração Nacional e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que dispõe de R$ 4,7 bilhões. A meta do programa, que é parte do Plano Brasil sem Miséria, é chegar a 290 mil cisternas até o final de 2012 e 750 mil até 2014.

“As ações do Água para Todos são complementares ao esforço que estamos fazendo para ampliar e qualificar a infraestrutura hídrica do Nordeste brasileiro”, afirmou o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho. Somente no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), o governo federal alocou R$ 16 bilhões para obras de infraestrutura hídrica. Desses, R$ 4,7 bilhões para o programa, que integra o Plano Brasil sem Miséria.

Em decorrência dos efeitos da seca no Nordeste, o governo federal fez um maior aporte de recursos no programa Água para Todos, com o objetivo de minimizar os efeitos da pior estiagem nordestina dos últimos 50 anos. A destinação de recursos para o programa é de R$ 799 milhões, com novos prazos a serem cumpridos. Até junho, serão instaladas 32 mil cisternas, 2,4 mil sistemas simplificados de abastecimento, 1.199 barreiros e ainda 2,4 mil poços.  

Programa

O Água para Todos é uma ação para a universalização do acesso e uso de água para populações carentes, que residam em comunidades rurais não atendidas pelo abastecimento ou que o atendimento seja deficitário.

Em Questão – Secom