Taxa mais cara

Com Bolsonaro, taxa de juros para casa própria pode subir 21,4%

Novo presidente da Caixa Econômica Federal disse que banco público vai adotar “juros do mercado”
:: Brasil de Fato11 de janeiro de 2019 11:08

Com Bolsonaro, taxa de juros para casa própria pode subir 21,4%

:: Brasil de Fato11 de janeiro de 2019

As políticas neoliberais aplicadas pelo governo de Jair Bolsonaro devem provocar um rombo no bolso dos brasileiros que sonham com a casa própria. O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, disse que o banco estatal vai começar a usar “juros de mercado” nos empréstimos de financiamento de imóveis.

De acordo com os dados do Banco Central, referentes a novembro de 2018, a Caixa tem a menor taxa de juros pós-fixados pela Taxa Referencial (TR) para pessoa física. O banco cobra 7% ao ano. Entre as demais instituições, a taxa varia entre 7,79% ao ano e 9,36% ao ano.

Para seguir a determinação do novo presidente, a taxa da Caixa saltaria de 7% para 8,5% ao ano, que é a média cobrada pelas demais instituições – uma alta proporcional de 21,4%.

Guimarães afirmou, na última segunda-feira (7), que as mudanças vão impactar na chamada “classe média” e que não haverá alteração nas regras para o programa ‘ Minha Casa Minha Vida’ – que, segundo o executivo da Caixa, é direcionado aos “mais pobres”.

Confira a matéria na íntegra

Leia também