Conferência discute Sistema Único de Assistência Social

:: Da redação7 de dezembro de 2011 19:21

Conferência discute Sistema Único de Assistência Social

:: Da redação7 de dezembro de 2011

Os avanços do Sistema Único de Assistência Social (Suas) como parte da estratégia de superação da extrema pobreza; a valorização dos trabalhadores e a qualificação da gestão dos serviços, programas e projetos da área serão os temas principais da oitava edição da Conferência Nacional de Assistência Social. Desta quarta-feira (7/12) até sábado (10/12), mais de 2 mil participantes, entre delegados e convidados, se reunirão no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, para avaliar as mais recentes conquistas e realizações do setor no Brasil e apresentar proposições e perspectivas para os próximos dois anos.

Os delegados foram eleitos numa série de eventos preparatórios em todo o País e representam tanto trabalhadores do setor e gestores governamentais quanto organizações da sociedade civil. Na noite de abertura, nesta quarta, às 20h, a ministra Tereza Campello fará conferência magna sobre o tema “Consolidar o Suas e valorizar seus trabalhadores: desafio para a superação da extrema pobreza no Brasil”.

Realização do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), a conferência nacional encerra um ciclo de discussões iniciado com as 27 conferências estaduais e 26 municipais ocorridas entre julho e outubro deste ano. Dentro do tema central, os debates se subdividirão em quatro assuntos: estratégias para a estruturação da gestão do trabalho no Suas; reordenamento e qualificação dos serviços socioassistenciais; fortalecimento da participação e do controle social; a centralidade do Suas na erradicação da extrema pobreza no Brasil.

“A conferência nacional é a instância máxima de deliberação da política pública de assistência social”, resume o presidente do CNAS, Carlos Ferrari. “O objetivo é fazer um balanço da gestão dos últimos dois anos e apontar as perspectivas para os próximos dois, consolidando o Suas”, acrescenta a secretária nacional de Assistência Social do MDS, Denise Colin.

Novidades – Durante a conferência, em Brasília, serão anunciados avanços importantes para o setor. Um deles é a autorização para que os gestores dos estados, do Distrito Federal e dos municípios utilizem até 60% dos recursos do Fundo Nacional de Assistência Social para pagamento de pessoal concursado que atue diretamente nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas).

Outras resoluções do CNAS também deverão ser anunciadas, entre elas a caracterização, na política pública de assistência social, das entidades que atuam na defesa de direitos e assessoramento. O CNAS detalhou as atividades que definem o perfil dessas entidades, que passarão a fazer parte oficialmente da rede socioassistencial, assim como as entidades prestadoras de serviços.

O CNAS transmitirá ao vivo toda a conferência, durante os quatro dias, no endereço eletrônico www.mds.gov.br/cnas. Confira, também, notícias sobre a Conferência no site do MDS http://www.mds.gov.br/

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social

Leia também