#ComLulaemPortoAlegre

Congressistas dos EUA acusam Moro de condenar sem provas

“Estamos muito preocupados com o conjunto de evidências de sérias violações ao direito de Lula ter um julgamento justo", dizem os parlamentares norte-americanos
:: Fernando Rosa20 de janeiro de 2018 10:50

Congressistas dos EUA acusam Moro de condenar sem provas

:: Fernando Rosa20 de janeiro de 2018

Um grupo formado por 12 congressistas norte-americanos enviou nesta sexta-feira ao embaixador do Brasil em Washington, Sérgio Silva do Amaral – com cópia para todos os ministros do STF – um documento em que afirma não haver prova de que Lula é ou já foi proprietário do triplex da OAS no Guarujá, no litoral de São Paulo.

“Estamos muito preocupados com o conjunto de evidências de sérias violações ao direito de Lula ter um julgamento justo e feito por autoridades imparciais, que parecem ser uma ação deliberada, de motivação política, de perseguição judicial”,  segundo eles, para afastar Lula das eleições de 2018.

Na carta, os deputados lembram também que Sérgio Moro deixou que a Polícia Federal grampeasse de maneira ilegal o telefone do ex-presidente e, depois, ainda vazou o conteúdo deste grampo à imprensa, expondo conversas pessoais de Lula com sua família e com a então presidenta em exercício, Dilma Rousseff.

Leia a matéria e a carta no site do PT Nacional.

Leia também