Contratos de crédito estudantil feitos por meio do BB crescem 33%

:: Da redação4 de junho de 2013 18:23

Contratos de crédito estudantil feitos por meio do BB crescem 33%

:: Da redação4 de junho de 2013

O Banco do Brasil já soma 150 mil novos contratos de Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) formalizados em 2013. No primeiro semestre de 2012, foram contratadas 112 mil operações, ou seja, a quantidade até o momento já supera em 33% o resultado do primeiro semestre do ano passado. Com esse desempenho, o volume da carteira em operações de Fies chega a R$ 14 bilhões, contribuindo para o acesso de mais de 382 mil estudantes às instituições privadas de ensino superior.

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Desde 2010 o FIES, funciona com um novo formato. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) passou a ser o Agente Operador do Programa e os juros caíram para 3,4% ao ano. Além disso, passou a ser permitido ao estudante solicitar o financiamento em qualquer período do ano.

Nesse ano, mais de 50% dos estudantes que contrataram o Fies escolheram o BB como instituição financeira. Em 2010, essa participação era de pouco mais de 3% do mercado, em 2011 foi de 31%, e em 2012, a participação foi de 48% dos contratos formalizados.Segundo o banco, diversas estratégias vêm contribuindo para esse resultado, como as parcerias com universidades. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal são os atuais Agentes Financeiros do Programa.

Entenda o FIES
A linha permite o financiamento de até 100% do valor da graduação, com prazo de pagamento de at é três vezes o período financiado, mais 12 meses. Os juros são de 3,4% ao ano e o pagamento começa 18 meses após a formatura. Durante o curso, o estudante paga a cada trimestre o valor máximo de R$ 50, referentes a juros incidentes sobre o financiamento.

Podem solicitar o financiamento os estudantes de cursos presenciais de graduação não gratuitos com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), oferecidos por instituições de ensino superior participantes do Programa, e que atendam as demais exigência estabelecidas nas normas do FIES para essa finalidade.

As inscrições são feitas através do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES),. O estudante poderá fazer a inscrição em qualquer período do ano, de janeiro a junho, para o financiamento relativo ao 1º semestre, e de julho a dezembro, para o financiamento relativo ao 2º semestre do ano.

Com informações do BB e do MEC

Saiba mais sobre o FIES acessando o link

Leia mais:

Total de inscritos no Enem atinge recorde de 7,8 milhões

Dilma diz que enfrentará poderosos para reduzir impostos

Em 10 anos, investimento em educação supera demais gestões


Leia também