Brasil à deriva

Cortes de Temer ameaçam serviços essenciais

Para o senador Humberto Costa, falta dinheiro para absolutamente tudo neste país, menos para comprar os votos de parlamentares no Congresso Nacional
:: Assessoria do senador Humberto Costa1 de agosto de 2017 11:53

Cortes de Temer ameaçam serviços essenciais

:: Assessoria do senador Humberto Costa1 de agosto de 2017

Mesmo com um déficit anunciado de R$ 139 bilhões nas contas públicas para este ano – um dos maiores da história do País –, a gestão Michel Temer não consegue cumprir a meta fiscal e já anunciou cortes de R$ 45 bilhões. Tais ações ameaçam paralisar vários serviços essenciais – alguns órgãos federais, inclusive, já estão com dificuldade para pagar contas como água e luz.

Este ano, por exemplo, as universidades federais tiveram o orçamento deste ano reduzido em 11,4%, em relação a 2016. Algumas instituições já anunciaram que só têm recursos disponíveis para bancar as despesas básicas até agosto.

Para o líder da Oposição no Senado, Humberto Costa (PT), falta dinheiro para absolutamente tudo neste País, menos para comprar os votos de parlamentares no Congresso Nacional. “Só para os ministros tucanos, sócios deste desgoverno, foram liberados R$ 19,2 milhões em emendas empenhadas entre junho e julho. Mas dinheiro para pagar a conta de luz das universidades, não tem”, afirmou o senador petista.

Leia a matéria na íntegra