CPMI que investiga a violência contra a mulher está em São Paulo

Marta Suplicy convida a todos a participar dos debates da CPI da mulher em SP. Será discutida a estrutura de proteção disponibilizada pelo estado.

:: Da redação29 de junho de 2012 12:57

CPMI que investiga a violência contra a mulher está em São Paulo

:: Da redação29 de junho de 2012

A Comissão Parlamentar Mista de Inquérito que apura a violência contra a mulher fará uma audiência pública em São Paulo, nesta sexta feira (29/06), para ouvir com autoridades estaduais e cobrar soluções para problemas já diagnosticados em diligências realizadas por em alguns municípios paulistas pelo mandato da senadora Marta Suplicy (PT-SP) e de deputadas integrantes da CPI.

A CPMI foi instaurada para investigar a situação da violência contra a mulher no Brasil e avaliar a efetividade dos instrumentos protetivos já existentes, além do preparo dos agentes públicos para aplicar essas medidas. Além dos trabalhos conduzidos em Brasília, a comissão tem realizado audiências públicas e diligências nos estados, como forma de apurar as realidades locais.

Antes da audiência pública, as integrantes da CPI darão uma entrevista coletiva à imprensa, com a participação de Marta Suplicy, a deputada federal Jô Moraes (PCdoB/MG), presidenta da Comissão, a senadora Ana Rita (PT-ES), relatora, e as deputadas Keiko Ota (PSB-SP), vice-presidenta da CPMI, e Janete Pietá (PT-SP).

A audiência será às 13:30, na Assembléia Legislativa do estado

Assessoria a senadora Ana Rita

Assista ao vídeo da senadora Marta Suplicy

{youtube}V4WpazGzsrw{/youtube}

Leia também