Crise: Governo Federal agiu com prudência, diz Pinheiro

:: Da redação24 de agosto de 2011 03:00

Crise: Governo Federal agiu com prudência, diz Pinheiro

:: Da redação24 de agosto de 2011

Combinar o crescimento com o controle da inflação é a segurança para o passo seguinte. Foi o que disse o senador Walter Pinheiro (PT-BA), em aparte ao discurso do senador Lindbergh Farias (PT-RJ), nesta terça-feira (23/08), no plenário do Senado sobre o aspecto atual da economia no Brasil.

O senador Pinheiro afirmou que para minimizar o impacto da crise econômica internacional que deve atingir todos os países do mundo, o Governo Federal apresentou medidas chamadas de “macroprudenciais”.

“Isso significa ter prudência, a partir do cenário que se apresenta. Porém, devido à relação com o mercado americano e toda essa movimentação no mercado europeu, que são mercados consumidores dos nossos produtos, é natural que aconteça uma desaceleração da economia. Afinal, nós não somos uma ilha”.

Medidas adotadas pelo Governo
“O nosso Governo acerta quando vai ao encontro da política do consumo interno. O Programa Brasil Maior que reduz a zero a alíquota de 20% para o INSS de setores sensíveis ao câmbio e à concorrência internacional e intensivos em mão de obra. Além disso, a presidenta Dilma Rousseff definiu uma ação conjunta com empresários e a sociedade para que esses impactos internacionais não prejudiquem o Brasil”, disse Pinheiro.

Equilíbrio da variação cambial
Pinheiro fez um alerta para as ações do Banco Central. “É importante que a equipe do Banco Central tenha a percepção de que a redução de juros encontre essa medida, que é a desoneração da folha, a redução da carga tributária, para permitir o aquecimento da nossa economia com o consumo interno, no momento em que mercados compradores estão em baixa. Afinal, o mercado que concorre com a gente não é um mercado consumidor como o nosso. Estamos falando da China”.

Aquecimento da economia
“Precisamos melhorar as condições de crédito, baixar as taxas de juros, para permitir exatamente que a nossa economia continue aquecida e num processo crescente de desenvolvimento econômico com o controle da inflação. Essas medidas já foram adotadas pelo núcleo de desenvolvimento do Governo Federal. Resta agora, ao Banco Central analisar de forma muito mais criteriosa para essa política e adotar a postura de redução da taxa de juros”, disse Pinheiro.

Assessoria de Imprensa do senador Walter Pinheiro

Fonte: Assessoria de Imprensa da Liderança do PT no Senado

Leia também