Reforma da Previdência

CUT lança campanha para pressionar deputados da CCJ

Campanha dá ao trabalhador instrumentos para pressionar os deputados
:: CUT15 de abril de 2019 15:09

CUT lança campanha para pressionar deputados da CCJ

:: CUT15 de abril de 2019

A reforma da Previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) deve ser votada esta semana na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados.

É hora de reforçar a pressão sobre os deputados e deputadas que compõem a CCJ para que não aprovem essa reforma que prejudica milhões de trabalhadores e trabalhadoras, em especial os mais pobres, e também os idosos carentes, afirma o secretário de Comunicação da CUT, Roni Barbosa.

Segundo ele, para cada etapa da tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 06/2019, é preciso fazer uma campanha específica, direcionada, que atinja os deputados envolvidos nas comissões.

“Antes de a proposta chegar ao plenário da Câmara, todos devem saber o que a classe trabalhadora acha da reforma. Devem saber que estamos atentos, estamos de olho nos seus mandatos e nas decisões que tomarem contra os trabalhadores e trabalhadoras do país”, afirma Roni.

A CUT preparou uma campanha específica, lançada nesta segunda-feira (15), por meio do site Na Pressão, para ajudar o trabalhador a enviar mensagens contra a aprovação da PEC diretamente para os parlamentares do seu estado.

“Reforma da Previdência: pressione seu deputado é o nome da nova campanha que dá ao trabalhador e a trabalhadora acesso fácil a lista dos deputados que compõe a comissão, em que estado foram eleitos, qual o posicionamento quanto a reforma (a favor, contra ou indecisos) e uma lista de e-mail para que todos possam mandar um recado para o seu deputado”, diz Roni.

Acesse a campanha

Confira a íntegra da matéria

Leia também