Delcídio anuncia volta das obras no anel viário de Aparecida do Taboado

Senador atuou, junto à direção do Dnit, para agilizar solução de pendência fundiária

:: Da redação15 de maio de 2014 13:56

Delcídio anuncia volta das obras no anel viário de Aparecida do Taboado

:: Da redação15 de maio de 2014

O anel viário, depois de pronto, aliviará o
tráfego no centro de Aparecida do Taboado,
no leste do Mato Grosso do Sul

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) anunciou que a Justiça liberou o processo de desapropriação de duas áreas por onde passará o anel viário de Aparecida do Taboado. Com isso, será possível retomar a obra paralisada desde fevereiro. O senador e o superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Mato Grosso do Sul, Carlos Antonio Pascoal, se reuniram na semana passada, em Brasília, com o diretor-geral do Dnit, general Jorge Fraxe, quando solicitaram que a procuradoria jurídica do órgão acelerasse a tramitação do processo no Poder Judiciário. A iniciativa de Delcídio deu resultado.

“É uma grande vitória para a população de Aparecida do Taboado e da região da divisa entre Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo. O anel viário vai desviar o tráfego pesado que passa pelo centro da cidade e, com isso, dará mais segurança ao trânsito local, reduzindo transtornos como o barulho, a poluição e, principalmente, os riscos de acidente”, comemorou, nesta quarta-feira (14), o senador, que foi o responsável por articular os recursos para execução das obras de infraestrutura.

A construção do anel viário de Aparecida do Taboado foi paralisada por causa de contestação feita pelo proprietário de duas áreas incluídas no traçado da pista. De acordo com o superintendente Carlos Pascoal, os recursos para pagar a desapropriação estão reservados e serão depositados imediatamente. “Com isso, a Justiça libera as áreas, permitindo, assim, a retomada dos serviços nos próximos dias. Nossa expectativa é concluir a obra até o final do ano”, explicou. O anel viário de Aparecida do Taboado tem 14.392 metros de extensão, dos quais 13,6 km estão prontos. Os 780 metros restantes serão implantados agora. Em seguida, será feita a pavimentação e a sinalização, além de serviços complementares.

Novas frentes

Delcídio garantiu que, vencida a luta para a retomada das obras em Aparecida do Taboado, continuará trabalhando para que outras reivindicações apresentadas à direção geral do DNIT sejam atendidas. “Agora, vamos trabalhar para a conclusão das obras do contorno rodoviário de Nova Andradina e a revitalização da travessia urbana da BR 267, em Jardim, pedidos que também foram encaminhamos ao general Fraxe”, relatou o senador.

Com informações da assessoria de imprensa do Gabinete do senador Delcídio do Amaral (PT-MS)

Leia também