Delcídio desmente reportagem do principal jornal do Mato Grosso do Sul

Reportagem atribui a Delcídio atitude fantasiosa, sem se dar ao trabalho de checar sua veracidade, como manda o bom jornalismo.

:: Da redação4 de julho de 2012 16:19

Delcídio desmente reportagem do principal jornal do Mato Grosso do Sul

:: Da redação4 de julho de 2012

O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) foi surpreendido com reportagem publicada nesta quarta-feira (04/07) no Correio do Estado, de Campo Grande, principal jornal de seu estado. Em entrevista ao Programa Tribuna Livre da FM Capital de Campo Grande, o senador disse estar indignado com as insinuações de que ele teria se encontrado com o governador do estado, André Puccinelli (PMDB) e o deputado federal, Antônio Carlos Biffi (PT-MS), para orquestrar alianças que prejudicariam o PT nas eleições municipais deste ano.

“Sou senador da República e a política se exerce 24 horas por dia. E você, durante esse período, conversa com todo mundo, com pessoas de todos os partidos. Já conversei várias vezes com o Puccinelli e nunca escondi isso. Quem não conversa na política? É o tipo de discussão sem sentido”, relata Delcídio.

Ainda de acordo com o senador, encontros e diálogos sempre ocorreram entre ele e lideranças partidárias. No âmbito estadual, Delcídio destaca que sempre conversa, principalmente, com aqueles que estão alinhados com seu projeto.

“Falo com todos os ex-presidentes, membros de partidos de oposição, membros dos partidos da base aliada, com a presidenta Dilma, com o Lula. Que papo é esse?”, disse.

Delcídio também lamenta que esse tipo de ação possa prejudicar o Partido dos Trabalhadores não só nas eleições municipais deste ano, mas também nas eleições que ocorrerão em 2014.

 “O que isso soma as beiras da eleição? É o momento em que deveríamos pregar a unidade do partido. Aí vem esse discurso de que eu falo com A, B ou C. Não há dúvida que esse tipo de coisa prejudica o PT”, lamenta.

Ouça entrevista do senador Delcídio do Amaral ao programa Tribuna Livre

 

Acompanhe as manifestações do senador através de seu microblog pessoal no Twitter – @Delcidio

Leia também