Caso Coaf

Delegada é para descobrir quem vazou “Caso Queiroz”?

Bolsonaro atacou a imprensa com informações falsas divulgadas no último domingo
:: Tijolaço11 de março de 2019 11:11

Delegada é para descobrir quem vazou “Caso Queiroz”?

:: Tijolaço11 de março de 2019

Quem acha que nada acontece por acaso tem um bom caso para apurar.

Haverá alguma ligação entre a nomeação da delegada da Polícia Federal Érica Marena e a nova crise criada ontem pelo Sr. Jair Bolsonaro, “denunciando” uma jornalista do Estadão por receber os dados que vazaram do Conselho de Controle de Atividades Financeiras – o Coaf – sobre as movimentações suspeitíssimas de Fabrício Queiroz?

Vai começar uma caça ao “vazador” que deixou que se soubesse dos milhões operados na conta de um “simples motorista” que, entre outras coisas, depositou vários cheques na conta da mulher do ex-capitão?

A questão ética de jornalistas publicarem informações que deveriam ser sigilosas mas que vazaram está resolvida há 48 anos, desde que a Suprema Corte dos EUA validou a ação do The New York Times e do Washington Post de publicarem os famosos “Papéis do Pentágono”.

Confira a íntegra da matéria

Leia também