Entrevista Coletiva

Dilma denuncia escalada da violência política no Brasil

Ex-presidenta falou para imprensa internacional sobre a expansão do ódio após o golpe
:: Brasil de Fato27 de março de 2018 10:22

Dilma denuncia escalada da violência política no Brasil

:: Brasil de Fato27 de março de 2018

A ex-presidenta da República, Dilma Rousseff, e o ex chanceler do País, Celso Amorim, convocaram a imprensa internacional nessa segunda-feira (26), na cidade do Rio de Janeiro, para denunciar as agressões sofridas pela caravana que o ex-presidente Lula realiza, desde a semana passada, na região Sul do país. Dilma ressaltou que o crescimento da violência política é fruto do ódio disseminado a partir do processo de impeachment que cassou seu mandato.

“Com esse processo de expansão do ódio, de reprodução desse ódio em escala nacional, eles conseguiram um nível de intolerância muito grande, uma grande difusão de pequenos grupos de extrema direita. Isso explica o surgimento do Bolsonaro. Em qualquer lugar do mundo, não seria considerado civilizado uma pessoa defender aberta e frontalmente, a todo um parlamento e a um país, a tortura”, denunciou a ex-presidenta.

Confira a íntegra da matéria

Leia também