Aniversário do Golpe

Dilma: “Esse golpe foi feito para nos enquadrar”

Dilma afirmou que seu governo reafirmava um processo de combate a herança de exclusão
:: Agência PT de Notícias1 de setembro de 2017 10:08

Dilma: “Esse golpe foi feito para nos enquadrar”

:: Agência PT de Notícias1 de setembro de 2017

Há exatamente um ano, uma presidenta legítima, eleita com mais de 54 milhões de votos, foi tirada do poder em um processo de impeachment sem crime de responsabilidade. Nesta quinta-feira (31/08), diversos atos em todo o Brasil lembraram o golpe, os retrocessos, com perda de direitos sociais e soberania popular e aprofundamento da crise econômica.

No Rio de Janeiro, na sede da ABI (Associação Brasileira de Imprensa), o ato organizado pelo mandato do deputado federal Wadih Damous (PT-RJ) com o jornal Brasil de Fato RJ teve a presença da presidenta legitimamente eleita, Dilma Rousseff.

O auditório da ABI estava repleto e muita gente ficou de fora. As principais lideranças do PT Rio de Janeiro,  como o senador Lindbergh Farias, o presidente estadual do partido Washington Quaquá, e das forças progressistas, como a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), representantes de movimentos sociais como o MST e aFrente Brasil Popular, além do movimento “Volta Dima” pela anulação do impeachment, que busca reverter o Golpe no Supremo Tribunal Federal.

Acesse a íntegra da matéria

 

Leia também