Dilma: Pronatec é um marco na história da formação profissional

Até o momento, 4,6 milhões de pessoas já fizeram ou estão fazendo cursos do programa e a meta é que 8 milhões sejam beneficiados até 2014.

:: Da redação7 de outubro de 2013 14:30

Dilma: Pronatec é um marco na história da formação profissional

:: Da redação7 de outubro de 2013

A presidenta também ressaltou a importância
do programa para a economia ao formar o
trabalhador que o mercado de trabalho
necessita

A presidenta Dilma Rousseff afirmou, no programa Café com a Presidenta desta segunda-feira (7), que o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) é um marco na história da formação profissional e da educação do Brasil, e que está mudando a vida de muita gente. Até agora, 4,6 milhões de pessoas já fizeram ou estão fazendo cursos do programa. Com orçamento de R$14 bilhões, a meta é que 8 milhões sejam beneficiados até 2014.

“Nós estamos trabalhando em três eixos com o Pronatec, primeiro: oferecendo ensino técnico para quem está cursando o Ensino Médio. Segundo: oferecendo mais e melhores oportunidade de qualificação profissional para o jovem ou o adulto que deseja uma melhor formação profissional. E terceiro: oferecendo cursos para as pessoas que estão no programa Brasil sem Miséria conseguirem uma profissão e, assim, terem um trabalho melhor remunerado”, explicou Dilma.

A presidenta também ressaltou a importância do programa para a economia ao formar o trabalhador que o mercado de trabalho necessita. Segundo Dilma, um país só se desenvolve quando as pessoas são capazes de ter um trabalho qualificado. Ela citou Marco Antônio Rodrigues, que foi o orador em uma formatura em Ceará-mirim (RN), na última semana, e que afirmou estar nascendo a “geração pronatequiana”.

“É isso mesmo, são os brasileiros e as brasileiras que agarraram essa oportunidade de ouro e fizeram cursos e se atualizaram. Quase 70% deles, sabe, são jovens com até 29 anos; 60% deles são mulheres; e 1/3 dessas matrículas é no Nordeste. A procura tem sido, sem sombra de dúvida, enorme. E nós estamos trabalhando firme e vamos cumprir a nossa meta de matricular 8 milhões de alunos até o final de 2014”, completou Dilma.

Informações da Agência Brasil

Leia mais:

Dilma quer a educação como marca de seu governo


Leia também