Dilma reitera preocupação com “política monetária expansionista”

Em Hannover, presidenta Dilma defendeu a expansão do investimento nos países em crise.

:: Da redação5 de março de 2012 14:30

Dilma reitera preocupação com “política monetária expansionista”

:: Da redação5 de março de 2012

No encontro que terá ainda hoje (05/03) com a chanceler alemã Angela Merkel, a presidenta Dilma Rousseff deverá reiterar sua preocupação com a política monetária considerada expansionista adotada pelos países da União Europeia para conter os impactos da crise. Em entrevista coletiva concedida em Hannover, a presidenta reafirmou o efeito “nocivo” dessas políticas sobre as economias emergentes.

“Eu acho que uma coisa importante é que os países desenvolvidos não só façam políticas expansionistas monetárias, mas façam políticas de expansão do investimento. Porque o investimento não só melhora a demanda interna, mas abre também a demanda externa para os nossos produtos.”

Segundo ela, “a massa monetária” produzida pela política monetária dos países em crise produz “bolha” e “especulação”. E alertou que o Brasil tomará as medidas necessárias para proteger sua economia.

“Eu reconheço que é um mecanismo de defesa, mas você ganha tempo só. O que o Brasil quer mostrar é que está em andamento uma forma concorrencial de proteção de mercado que é o câmbio, uma forma artificial de proteção do mercado. Somos uma economia soberana. Tomaremos todas as medidas para nos proteger.”

Blog do Planalto 

Leia também