Dilma tem agenda cheia na véspera da reunião do G20

:: Da redação3 de novembro de 2011 12:18

Dilma tem agenda cheia na véspera da reunião do G20

:: Da redação3 de novembro de 2011

Presidenta busca discurso único sobre as medidas que devem ser adotadas para combater os impactos da crise

Em Cannes, na França, para participar da Cúpula do G20 (que engloba as 20 maiores economias do mundo), a presidenta Dilma Rousseff agendou para esta quarta-feira, 2, uma série de reuniões. No primeiro compromisso do dia, Dilma conversa com a primeira-ministra da Austrália, Julia Gillard. (Veja abaixo como foram os encontros desta quarta-feira).

Depois, reúne-se com o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Juan Somavia, e depois com o presidente da República Popular da China, Hu Jintao. A reunião do G20 ocorre amanhã (3) e sexta-feira (4). Há ainda conversas previstas com os demais representantes do Brics – grupo formado pela Rússia, Índia e África do Sul, além do Brasil.

Para Dilma, o ideal é buscar um discurso único sobre as medidas que devem ser adotadas para combater os impactos da crise econômica internacional. Ela reúne-se também com os presidentes da Rússia, Dimitri Medvedev, e da África do Sul, Jacob Zuma, além do primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. Amanhã, Dilma participa de almoço de trabalho sobre o sistema econômico global e mais duas sessões de trabalho.

Em pauta, um plano de ações para o crescimento econômico mundial, o marco do sistema monetário internacional e a dimensão social da globalização e do comércio. Está previsto ainda um jantar no qual o dono da Microsoft, Bill Gates, fará uma palestra. Na sexta-feira, na Cúpula do G20, ocorrerão três sessões de trabalho.

Na primeira delas, o tema é regulação financeira. A segunda é sobre agricultura, energia e volatilidade de preços de commodities e a última, sobre mudança do clima e corrupção. A expectativa, segundo os negociadores, é que seja divulgado um comunicado conjunto sobre governança global e as prioridades do México à frente da presidência do G20 em 2012.

No dia 5, Dilma estará em Paris, onde deve se reunir com diretora-geral Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), Irina Bokova. Criado em 1999, o G20 tem como meta buscar o diálogo ampliado das nações que o integram.

Nas reuniões, participam presidentes, primeiros-ministros e ministros da Fazenda, além de dirigentes dos bancos centrais de cada país. O comando do grupo de 2011 está com a França. A presidência é rotativa e muda a cada ano.

Em 2008, o Brasil presidiu o encontro. Acompanham a presidenta na viagem à França os ministros da Fazenda, Guido Mantega, das Relações Exteriores, Antonio Patriota, da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Fernando Pimentel. A previsão é que Dilma retorne ao Brasil no dia 5.

Fonte: Valor Online

Foto: Blog do Planalto

Leia mais:

Encontros bilaterais e com OIT marcam primeiro dia de trabalho em Cannes

Cortejados por europeus, Dilma e presidente chinês discutem crise 

Com Europa à espera de ajuda, Dilma chega a Cannes 

Leia também