Dois senadores do PT serão candidatos nas eleições municipais

Ex-ministro da Saúde, Humberto Costa será candidato no Recife e Wellington Dias, ex-governador do Piauí, disputará a prefeitura de Teresina.

:: Da redação2 de julho de 2012 22:02

Dois senadores do PT serão candidatos nas eleições municipais

:: Da redação2 de julho de 2012

O PT do Recife realizou convenção neste fim de semana lançado uma chapa pura que reúne os dois maiores líderes do partido no Estado: o senador Humberto Costa para prefeito e o deputado federal João Paulo, como vice. A aliança “Para o Recife seguir mudando” conta com o apoio do PP, PHS e PSDC.

Ex-ministro da Saúde, Humberto Costa, que liderou a bancada petista no ano passado, tem se destacado no Senado pela sua atuação no combate à pirataria de remédios e, atualmente, como relator do processo de cassação do senador Demóstenes Torres (ex-DEM-GO), no Conselho de Ética da Casa. Já João Paulo é o deputado federal mais votado do PT em nível nacional e foi por oito anos prefeito do Recife. Ao sair, fez seu sucessor no primeiro turno.

O ponto alto da convenção foi a exibição de uma gravação em vídeo feita pelo ex-presidente Lula, com pedidos dirigidos aos militantes petistas, em todas as esferas de poder.  O ex-presidente faz um apelo à unidade e que questões menores sejam deixadas de lado. Lula destacou o desempenho de Humberto como ministro da Saúde em seu primeiro governo, quando foi responsável pela implantação do Samu e de programas como o Brasil Sorridente e a Farmácia Popular. O presidente nacional do PT, Rui Falcão, esteve presente à convenção.

Na Prefeitura do Recife, durante a gestão do ex-prefeito João Paulo, Humberto foi responsável pela criação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), projeto que foi copiado pelo Ministério da Saúde e por diversas secretarias municipais de saúde pelo Brasil. No governo do estado, criou as academias da cidade, também copiado em outros governos estaduais e municipais. No Ministério da Saúde, Humberto foi o autor do bem-sucedido projeto das farmácias populares.

“Tenho uma trajetória que começa no movimento estudantil e passa pela fundação do PT e pelas minhas experiências no legislativo e executivo (foi deputado estadual e federal e é senador). Tenho ótima relação com o ex-presidente Lula, com a presidente Dilma e com o governador Eduardo Campos. Reúno experiência técnica e política indispensáveis ao bom gestor público”, afirmou.

wellington_0207Wellington
O PT oficializou na noite da última quinta-feira (20/06) a candidatura do senador Wellington Dias à prefeitura de Teresina. Wellington, que governou o Piauí por dois mandatos no Piauí, afirmou sua confiança na força do partido e da militância e defendeu a continuidade do projeto defendido pelo PT. No discurso, ele anunciou o slogan da campanha: “Teresina para todos”. “Essa é uma mensagem que o presidente Lula deu para o Brasil, um país para todos”, contou.

O diretório municipal do PT ratificou o nome do deputado estadual Cícero Magalhães como candidato a vice na chapa encabeçada por Wellington Dias. Nas contas de militantes, mais de 95 por cento dos 215 delegados foram favoráveis à formação da chapa pura. Depois de concluída a votação, o senador Wellington Dias discursou, defendendo a unificação do PT em torno de um objetivo comum, a vitória nas próximas eleições.

Wellington Dias destaca-se no Senado pela sua atuação no combate às drogas e na defesa de políticas públicas para dependentes químicos. Seu trabalho à frente da Subcomissão do Senado pautou no governo no lançamento o programa “Crack: é possível vencer”, que dá suporte e tratamento aos usuários de drogas.

O senador piauiense também atou com dedicação à elaboração do projeto de lei, já aprovado no Senado e que está na pauta de votações do plenário da Câmara, que cria nova sistemática na distribuição dos recursos dos royalties do petróleo, garantiu a repartição da riqueza a todos os municípios brasileiros.

Com informações de agências online

Leia também