Educação: governo destina mais R$ 4,9 bi para o Fies

Maior oferta de recursos permitirá acesso de mais estudantes carentes ao ensino superior

:: Da redação22 de abril de 2014 16:32

Educação: governo destina mais R$ 4,9 bi para o Fies

:: Da redação22 de abril de 2014

Desde a criação do programa,
em 2005, 1,2 milhão de alunos
de faculdades receberam bolsas

A Medida Provisória (MP) 642, publicada nesta terça-feira no Diário Oficial da União (DOU), assegura crédito extraordinário de R$ R$ 5,1 bilhões do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) e do Ministério da Defesa. A maior parte do recurso é destinada à concessão de financiamentos do Fies, num total de R$ 4,9 bilhões. O restante, R$ 200 mil, será aplicado no apoio logístico do Ministério da Defesa às Forças de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro.

O Fies oferece cobertura de até 100% do valor da mensalidade de alunos de faculdades, com juros de 3,4% ao ano. O contratante só começa a quitar o financiamento 18 meses depois de formado. Em 2013, foram formalizados 556,5 mil contratos desse tipo, segundo dados do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Desde 2010, foram firmados mais de 1,16 milhão de contratos.

O Fies e o Universidade para Todos (Prouni) são dois programas do governo federal e, desde o início da sua operação, permitiram o acesso de estudantes carentes a faculdades privadas. Juntos, eles já respondem por mais de 30% das matrículas em universidades particulares. O Prouni já concedeu bolsas, integrais ou parciais, a mais de 1,2 milhão de estudantes desde sua criação, em 2005.

Com agências online

Leia também