CHEFE

Em depoimento à Lava Jato, Eduardo Cunha desmente Michel Temer

:: Fernando Rosa8 de fevereiro de 2017 12:36

Em depoimento à Lava Jato, Eduardo Cunha desmente Michel Temer

:: Fernando Rosa8 de fevereiro de 2017

O ex-deputado Eduardo Cunha admitiu a participação de Michel Temer nas indicações para os principais cargos da Petrobras. Em depoimento ao juiz Sérgio Moro, Cunha afirmou que Michel Temer participou, em 2007, de uma reunião com a bancada do PMDB para discutir as indicações do partido para diretorias da Petrobrás. “Ele participou sim da reunião e foi ele que comunicou a todos nós o que tinha acontecido na reunião, porque não era só o cargo da Petrobrás, eram outras várias discussões que aconteciam no PMDB”.

O depoimento de Cunha desmente Temer que depôs, por escrito a Moro, como sua testemunha de defesa. No documento, Temer declarou que “não houve essa reunião”, citada na denúncia da força-tarefa da Lava Jato contra Eduardo Cunha. “Fui comunicado (sobre a reunião), tanto eu como Fernando Diniz, na época, pelo próprio Michel Temer e pelo Henrique Alves (ex-ministro e aliado muito próximo de Temer)”, reforçou Cunha. “O Michel Temer esteve nessa reunião junto com Walfrido Mares Guias”, afirmou.

Além de desmentir Michel Temer, Eduardo Cunha também chamou a atenção para a ligação do atual presidente temporário com o empresário Mário Garnero. Em diversas oportunidades, Garnero promoveu eventos nos Estados Unidos com participação do então vice-presidente Michel Temer. O último evento realizado por Garnero que contou com a participação de Temer ocorreu em Nova York em julho de 2016.
Assista parte do depoimento de Eduardo Cunha, em Curitiba:

Reprodução autorizada mediante citação do site PT no Senado