Em notas, Dilma desmente imprensa sobre suposto roubo de acervo da União

:: Da redação15 de agosto de 2016 11:52

Em notas, Dilma desmente imprensa sobre suposto roubo de acervo da União

:: Da redação15 de agosto de 2016

Presente dado pelo governo da Bulgária (foto acima), ao contrário do que afirmou colunista Jorge Bastos Moreno (O Globo), não está perdido e encontra-se no acervo pessoal da presidenta Dilma, no Palácio da AlvoradaA presidenta Dilma Rousseff divulgou duas notas, no último sábado (13), desmentindo denúncias na imprensa de que 716 presentes recebidos de governos estrangeiros nos últimos 13 anos não teriam sido registrados, além do suposto sumiço de itens que seriam patrimônio da União.

As notas lembram que a primeira auditoria patrimonial completa dos bens integrantes da Presidência da República ocorreu em 2012, durante o mandato de Dilma. Além disso, esclarecem que há diferenciação entre os bens que integram o acervo privado do presidente da República.

Sobre os presentes recebidos pelos presidentes Lula e Dilma, as notas destacam que todos foram “corretamente classificados com a estrita observância a legislação aplicável e ao processo de registro documental pelo setor competente”.

As informações rebatidas pela presidenta foram publicadas no dia pelo jornal O Globo, na Coluna do Moreno, e em uma reportagem da revista IstoÉ. Ambos os textos são demonstrações do mau jornalismo praticado por alguns veículos de comunicação no Brasil, uma vez que não procuraram a assessoria de imprensa da presidenta para checar as denúncias.

Para ler a íntegra das notas, clique aqui e aqui.

 

Leia mais:

Grande mídia participou como protagonista do golpe, afirma Dilma a blog