Submissão aos bancos

Governistas condenam indústria nacional à destruição

“Fizemos o bom combate, mas não conseguimos impedir esse erro gigantesco, que vai travar ainda mais a economia do País”, advertiu o Líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ)
:: Cyntia Campos5 de setembro de 2017 19:47

Governistas condenam indústria nacional à destruição

:: Cyntia Campos5 de setembro de 2017

Com o voto contrário da Bancada do PT, o Senado aprovou na noite desta terça-feira (5), por 36 votos a 14, a Medida Provisória 777, que torna mais caro o crédito destinado ao investimento no Brasil. “Fizemos o bom combate, mas não conseguimos impedir esse erro gigantesco, que vai travar ainda mais a economia do País”, lamentou o Líder do PT, senador Lindbergh Farias (RJ). “Só espero que no dia 1º de janeiro de 2019, empossado um governo legitimamente eleito, o Congresso recebe outra medida provisória, revogando esse absurdo”.

A MP 777 instituiu uma taxa de juros mais cara para quem toma empréstimos no BNDES com o objetivo de investir no País, em empreendimentos que movimentam a economia ou em obras de infraestrutura, grandes geradoras de emprego. Lindbergh, que presidiu a comissão mista da Câmara e do Senado que analisou a matéria já havia alertado: “Isso vai travar o País. Espero que os senhores saibam o que estão fazendo”.

Com a aprovação da medida, está instituída a Taxa de Longo Prazo (TLP), que irá remunerar os empréstimos do BNDES nas linhas de crédito destinadas ao investimento. A TLP substitui a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), mais barata, que tornava o crédito mais atraente.

Essa mudança foi veementemente combatida pelas principais entidades representantes dos setores da indústria. Para os empresários, a medida desestimula o investimento e vai contribuir para a ampliação do desemprego e a crise econômica.

Lindbergh ressaltou que travar as atividades que têm condições de movimentar a economia em um cenário de depressão econômica é o oposto do que o País precisa. O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro já teve uma queda de 8 pontos percentuais e a aprovação da MP 777 será mais um fator a reforçar a estagnação.

Leia mais:
Comissão Mista aprova MP 777 e avaliza parar a economia
MP 777 vai colocar Brasil no caminho da recolonização
MP 777 atenta contra a geração de empregos e desenvolvimento
Destruir bancos públicos é inviabilizar o futuro
Governo ataca crédito público para favorecer bancos privados

Leia também