Evolução social do Nordeste brasileiro é destaque na mídia estrangeira

Ministro da SAE e presidente do Ipea, Marcelo Neri, analisa o tema para jornais, revistas e TV da Europa.

:: Da redação4 de abril de 2014 17:28

Evolução social do Nordeste brasileiro é destaque na mídia estrangeira

:: Da redação4 de abril de 2014

A classe média brasileira e os indicadores de melhoria nas condições de vida de parcelas da população historicamente menos favorecidas têm despertado o interesse de veículos de comunicação internacionais. O jornal britânico Financial Times publicou na última quinta-feira, 27, matéria sobre a economia e as possibilidades de negócios na região Nordeste do Brasil.

Marcelo Neri, ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República e presidente do Ipea, é um dos entrevistados. “Em geral, vemos que o Nordeste ainda é a (região) mais pobre. Seus indicadores sociais são os menores, mas o Nordeste melhorou muito mais (que as outras regiões)”, afirmou Neri, mencionado como um dos maiores especialistas brasileiros em classe média. O ministro concedeu outra entrevista para o Financial Times nesta segunda-feira, 31. O mesmo tema foi explorado recentemente em entrevista concedida ao jornal português Expresso. – um dos mais influentes do país –, além de entrevistas para a rede de TV France 2 – principal canal de TV pública do país – e para a revista francesa Valeurs Actuelles.

Nesta semana, Neri participará, no Panamá, da sessão Middle Class Matters, transmitida ao vivo pelo canal norte-americano CNN. A relevância do tema também rendeu apresentações do ministro no último Fórum Econômico Mundial, em Davos – ao lado do ex-presidente mexicano Ernesto Zedillo, de Laura Tyson, ex-chefe da assessoria econômica da Presidência dos EUA, e de ministros sul-africanos – e no Fórum Acadêmico dos BRICS, realizado em março, no Rio de Janeiro.

Clique aqui para acessar o artigo “Brazil New Middle Classes: The Bright Side of The Poor”, de autoria do ministro Marcelo Neri.

Leia também