Exportações brasileiras crescem acima da média mundial

Venda de produtos básicos cresceu 38,7% e de industrializados, 20,2%, em ano que as trocas entre países aumentaram 18%

:: Da redação5 de dezembro de 2011 12:21

Exportações brasileiras crescem acima da média mundial

:: Da redação5 de dezembro de 2011

 

As exportações brasileiras em novembro (US$ 21,8 bilhões) registraram recorde na comparação com os resultados anteriores para este mês. O saldo comercial foi de US$ 583 milhões no período e está 100% acima do valor aferido em novembro do ano passado (US$ 291 milhões). No acumulado do ano, as exportações brasileiras de produtos básicos cresceram (38,7%) e de industrializados (20,2%) – percentuais superiores aos 18% de crescimento do comércio mundial, na estimativa do Fundo Monetário Internacional (FMI). “Considerando que as vendas brasileiras cresceram 28%, podemos dizer que a fatia brasileira no mercado internacional deve aumentar em 2011”, explicou a secretária de Comércio Exterior do o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), Tatiana Lacerda Prazeres.

O ministro interino do Mdic, Alessandro Teixeira, destacou que o superávit da balança comercial no acumulado do ano (janeiro a novembro) está em US$ 26 bilhões, valor que é o maior desde 2007 (US$ 36 bilhões). “Eu me lembro que, no começo do ano, diante da crise financeira global, havia muitas previsões de déficit para 2011 e estamos terminando o ano com um resultado extraordinário”, disse.

Países – Os principais países de destino das exportações de janeiro a novembro de 2011 foram: China (US$ 40,7 bilhões), Estados Unidos (US$ 23,3 bilhões), Argentina (US$ 20,9 bilhões), Países Baixos (US$ 12,7 bilhões) e Japão (US$ 8,6 bilhões). Relativo às importações, os mercados que mais venderam para o Brasil foram: Estados Unidos (US$ 31,4 bilhões), China (US$ 30,2 bilhões), Argentina (US$ 15,6 bilhões), Alemanha (US$ 14 bilhões) e Coréia do Sul (US$ 9,2 bilhões).

Em Questão

Leia também