Argentina

Farsa de Macri não vinga e Kirchner vence prévias para o Senado

:: Rogério Tomaz Jr31 de agosto de 2017 09:07

Farsa de Macri não vinga e Kirchner vence prévias para o Senado

:: Rogério Tomaz Jr31 de agosto de 2017

Não foi suficiente para Maurício Macri comandar a capital federal, a província de Buenos Aires e o país. Enfrentando o gigantesco aparato estatal sob controle do Cambiemos, a aliança de apoio ao presidente, e todo o arsenal midiático pró-Macri, com Clarín e La Nación à frente, a ex-presidenta Cristina Fernández de Kirchner sagrou-se vencedora nas primárias para o Senado na província que reúne sozinha 40% do eleitorado e da população argentina. Pior: o bloco governista protagonizou um papelão que escancara o pouquíssimo apreço às instituições por parte da elite econômica latino-americana.

As PASO (eleições Primarias, Abertas, Simultâneas e Obrigatórias) servem –além de termômetro político– para definir os candidatos habilitados ao pleito definitivo, que ocorrerá em outubro e renovará uma parte do Congresso. Apenas as chapas que tenham alcançado pelo menos 1,5% dos votos nas PASO poderão concorrer.

Confira a matéria na íntegra

Leia também