Senadora diz que PT tem de se unir para enfrentar campanha de ódio

Fátima: "o partido deve se unir contra a campanha de ódio, rebater boatos e compartilhar informação"A senadora Fátima Bezerra participou, na última sexta-feira (6), da reunião do Diretório Nacional (DN) do PT e de ato em celebração aos 35 anos de história do partido. A senadora destacou o discurso quase unânime dos participantes do encontro: “o partido deve se unir contra a campanha de ódio, rebater boatos e compartilhar informação”.

:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra9 de fevereiro de 2015 15:13

Senadora diz que PT tem de se unir para enfrentar campanha de ódio

:: Assessoria da senadora Fátima Bezerra9 de fevereiro de 2015

 

Na ocasião, os membros do diretório aprovaram resolução na qual conclamam a militância a sair em defesa do governo Dilma e em favor das campanhas pela reforma política e democratização da mídia.

O documento contém dez ações a serem realizadas pelos militantes e lideranças da sigla. As metas foram definidas durante reunião com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A senadora Fátima Bezerra informou que a resolução pede mais engajamento, contribuição e união para possibilitar a governabilidade do partido para além do Congresso Nacional. Os militantes também são chamados a realizar mobilizações sociais e a participar do 5º Congresso Nacional do PT.

A resolução sugere, ainda, empenho dos petistas em favor da reforma política, democratização da mídia e do debate sobre a implementação do imposto sobre grandes fortunas.

Assessoria da senadora Fátima Bezerra