Interesse do País

Gleisi destaca papel das Forças Armadas na defesa da soberania

"Não há como pensar um projeto de Nação soberana, sem compreender claramente a relação direta entre as Forças Armadas e a defesa do País", destacou a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffman
:: Fernando Rosa10 de outubro de 2017 18:27

Gleisi destaca papel das Forças Armadas na defesa da soberania

:: Fernando Rosa10 de outubro de 2017

“Falar em soberania nacional passa, necessariamente, pelo debate em torno da defesa do País, das nossas Forças Armadas, da nossa diplomacia e do nosso desenvolvimento científico, tecnológico, econômico e social”, afirmou a senadora e presidenta nacional do PT na tribuna do Senadora Federal nesta terça-feira. Gleisi destacou que, para o Partido dos Trabalhadores, “a defesa da soberania nacional como pilar fundamental para o desenvolvimento autônomo do País, autônomo e independente, é um compromisso estratégico e inarredável’. Para ela, “é fundamental resgatar a relação madura e, sobretudo, democrática que perpassou as Forças Armadas e os governos Lula e Dilma, sempre em defesa dos interesses nacionais”.

“É esse diálogo que eu gostaria de manter hoje, desta tribuna, com os Comandantes Militares das Forças Armadas”, disse Gleisi, destacando que “sempre compreendemos que a defesa da soberania nacional é a razão de ser das Forças Armadas. Para Gleisi, o papel das FFAA é decisivo para “defender nosso vasto território, a Amazônia, com sua biodiversidade e riquezas minerais; defender a Amazônia azul, as águas territoriais em que exploramos as cobiçadas jazidas do pré-sal; vigiar os céus do País e ser capaz de reagir às violações do espaço aéreo”. Para isso, Gleisi lembrou que “muito diferente do que está sendo feito agora, os governos do PT deram prioridade à construção de uma base industrial de defesa que, em conjunto com o reaparelhamento das Forças Armadas, consititui-se no pilar estratégico central da defesa do Brasil e do desenvolvimento tecnológico”.

Íntegra do pronunciamento da Senadora Gleisi Hoffmann

Em seu pronunciamento, a senadora destacou que ao longo dos 13 anos em que o PT governou o País, “os militares sempre estiveram à disposição da Nação, na defesa do nossa País, na promoção da paz mundial, como foi a participação destacada do Brasil liderando a Missão da ONU no Haiti, e atuando em programas sociais e obras nos locais mais remotos do nosso território”. Segundo Gleisi, “vale ressaltar que, no último ano do governo Dilma, em 2015, mesmo quando já havia a austeridade do Levy, o orçamento do mesmo programa da defesa nacional ficou em R$ 9 bilhões, quase cinco vezes maior do que propõe agora o Governo Temer. Para ela, “só um Governo que não prima pela soberania nacional faz um corte como esse num programa de defesa nacional”.

 

Leia também