Redes sociais

Gleisi e Lindbergh lideram ranking de influenciadores

Entre os políticos, presidenta do PT teve a maior média de interações por postagem nas redes sociais entre os dias 26 de junho e 2 de julho. Lindbergh aparece em terceiro no levantamento
:: Carlos Mota4 de julho de 2017 11:50

Gleisi e Lindbergh lideram ranking de influenciadores

:: Carlos Mota4 de julho de 2017

Dois senadores do PT estão entre os principais influenciadores políticos do Brasil nas redes sociais. A presidenta do partido, Gleisi Hoffmann (PR), assumiu a ponta do ranking, enquanto o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), está em terceiro lugar. O levantamento é uma ferramenta lançada pelo site Gazeta do Povo e funciona como um “termômetro” de quem está estimulando o debate político no Brasil.

Segundo os dados apurados entre os dias 26 de junho e 2 de julho, Gleisi atingiu o escore de 13,01, enquanto Lindbergh alcançou 8,26. O índice se baseia no engajamento dos seguidores: quanto mais alto esse percentual, maior o escore.

A senadora publicou 88 vezes no Facebook na semana analisada, alcançando um engajamento médio de 7.735, valor que representa uma medida de interações por postagem nas redes sociais. Ao todo, Gleisi tem 883.387 seguidores no Facebook e 217.275 no Twitter.

Já o líder do PT no Senado publicou 84 vezes no mesmo período, conseguindo um engajamento médio de 4.171. No Facebook e no Twitter, Lindbergh era seguido por 674.927 e 83.906 pessoas, respectivamente, nos sete dias avaliados.

Entre os dois senadores progressistas, está o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) – um dos mais polêmicos e reacionários parlamentares do Congresso Nacional. O escore de Bolsonaro, segundo colocado no ranking, é de 11,35.

Outro senador do PT na lista é Paulo Paim (RS). Na 34ª posição, o gaúcho tinha 66.346 seguidores no Facebook e 44.524 no Twitter entre os dias 26 de junho e 2 de julho.

O levantamento ainda conta com outros petistas: Lula (9º), Dilma (22º), Rui Falcão (39º) e Fernando Haddad (49º).

Redes superam grande mídia

As redes sociais vêm se tornando o mais importante meio de divulgação de informações no mundo. E um dos índices que prova essa afirmativa é o valor arrecadado com publicidade.

O gigante de buscas Google – portal da rede Google+ – atingirá esse ano mais de US$ 80 bilhões nesse tipo de faturamento. Se combinado ao mesmo faturamento previsto do Facebook (US$ 37,3 bilhões), somente os dois superam em publicidade o arrecadado por todos os impressos e todas as redes de rádio do mundo.

Leia também