Governo lança campanha para reduzir mortes no trânsito até 2020

:: Da redação21 de setembro de 2012 17:45

Governo lança campanha para reduzir mortes no trânsito até 2020

:: Da redação21 de setembro de 2012

“Não Exceda a Velocidade. Preserve a Vida”. Este o lema da campanha lançada pelo Governo Federal, nesta sexta-feira (21/09), no Palácio do Planalto. A ideia é reduzir à metade, até 2020, o número de mortes no trânsito. A presidente Dilma Rousseff, que vestia uma camisa com o rosto de Rafael Mascarenhas, filho mais novo da atriz Cissa Guimarães, que morreu atropelado há dois anos, homenageou todas as mães que perderam filhos no trânsito. Dilma disse é preciso exercer a solidariedade e a prudência no volante para evitar outras perdas irreparáveis.

“Eu estou aqui com a camisa do Rafael porque eu quero iniciar homenageando todas as mães, todos os pais, todos os parentes que sofreram perdas como a da Cissa. São perdas irreparáveis (…) Juntos podemos fazer do trânsito uma oportunidade de exercitar nossa solidariedade e nossa prudência. Nossa cidadania e nosso respeito a esse bem que todos nós sabemos que é o mais precioso de todos, que é a vida”, afirmou.

Em 2010, segundo o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, morreram nas estradas e ruas do País 42.844 pessoas. Com a campanha, o ministro acredita que é possível “salvar” 21 mil pessoas a cada ano. “Não podemos desperdiçar nosso futuro, desperdiçar tantas vidas. Nossas estradas não podem ser ralos por onde escoa a vida (…) Eu tenho certeza que [com a campanha] vamos alcançar os resultados”, disse Ribeiro.

As ações de trânsito são coordenadas pelo Ministério das Cidades e integram o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um Pacto pela Vida), que começa a ser implantado após a realização de campanhas sazonais que conseguiram reduzir o número de óbitos nas rodovias desde o lançamento da campanha, em maio de 2011.

Já neste fim de semana, um filme publicitário começa a ser veiculado nas TVs. Outras ações estão previstas para acontecer até fevereiro de 2013 em rodovias, escolas, eventos culturais e esportivos com o engajamento de celebridades como a atriz Cissa Guimarães, o ex-piloto de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi e organizações não governamentais.

Na cerimônia, Cissa Guimarães pediu penas mais severas para quem descumpre as leis de trânsito e disse esperar que a campanha lançada pelo governo promova uma mudança de comportamento na sociedade. Fittipaldi afirmou que a estatística de acidentes de trânsito no Brasil é assustadora e por isso o lançamento da campanha representa um dia histórico para o Brasil. Segundo ele, a campanha vai deixar um legado para as próximas gerações.

Com informações de agências de notícias

Leia mais:

Estados e DF receberão R$ 12,8 milhões para ações de segurança no trânsito

Jorge Viana quer faixa exclusiva para motos nas cidades


Leia também