Governo quer construção e melhoria de 270 aeroportos regionais

:: Da redação9 de abril de 2013 21:23

Governo quer construção e melhoria de 270 aeroportos regionais

:: Da redação9 de abril de 2013

Ministro Moreira Franco disse que está em
análise lia inclusive a criação de subsídios
para que o consumidor possa utilizar serviços
aéreos mais baratos


Facilitar a construção e melhoria de 270 aeroportos regionais para voos médios e curtos entre cidades com população média de 100 mil habitantes é o principal objetivo do ministro da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Moreira Franco. Em audiência no Senado, nesta terça-feira (9), ele disse que o Governo avalia inclusive a criação de subsídios para que o consumidor possa utilizar serviços aéreos mais baratos.

O ministro destacou que a prioridade estabelecida pelo Executivo é adotar providências para que o consumidor do sistema de transporte aeroviário tenha segurança, qualidade de serviço e preços acessíveis. “O modal que mais cresce é o modal aeroviário, à média de 12% ao ano. Isso é um retrato de mobilidade social que nos últimos dez anos colocou 40 milhões de brasileiros no mercado de consumo”, destacou o Moreira Franco.

Ele acrescentou que o governo tem adotado esforços para melhorar as condições de serviços prestados pelos grandes aeroportos, que serão a porta de entrada de eventos internacionais como a Jornada Mundial da Juventude, Copa das Confederações, Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Para melhorar essas condições, destacou o ministro, é necessário que o país tenha “companhias aéreas saudáveis”, referindo-se à saúde econômico-financeira das empresas nacionais.

Moreira Franco ressaltou que não há condição de manter o sistema aeroportuário eficiente sem que haja garantia, pelas companhias aéreas, de serviços de qualidade e preços baixos para o consumidor. “Temos que ter competitividade para baixar preço”, disse o ministro ao destacar que o País conta hoje com apenas duas companhias aéreas de grande porte e duas de médio porte.

O ministro disse também que o Governo quer garantir que os aeroportos brasileiros operem 24 horas por dia também na movimentação de cargas. Ele anunciou que esse será o tema de reunião nesta quarta-feira (10) com todas as áreas de governo envolvidas com as operações aeroportuárias. “É fundamental que a operação aeroportuária atenda ao cliente, e ele não é só o passageiro dos voos, mas também aquele que usa o modal para suas atividades econômicas”, explicou.

Com informações das agências Senado e Brasil

Leia mais:

País investe R$ 7,3 bi na melhoria da estrutura aeroportuária

Dilma: ambiente seguro é fundamental para atrair investimentos

ICMS e falta de infraestrutura prejudicam oferta de voos regionais

Senador Wellington defende incentivos à aviação regional

 

Leia também